CONTRA O RELÓGIO

Jovem de 17 anos em estado terminal é alvo de fake news: 'Estou viva'; VÍDEO

Isabel Veloso, a Zabéu, conta que há pessoas usando a imagem dela e fazendo até simulação como se ela estivesse dentro de um caixão, morta; “Não é legal”

Por Giselle Hilário | 09/04/2024 | Tempo de leitura: 4 min
da Rede Sampi

Reprodução/Facebook

Isabel Veloso, a Zabéu, está feliz com os preparativos para o seu casamento com Lucas Borbas
Isabel Veloso, a Zabéu, está feliz com os preparativos para o seu casamento com Lucas Borbas

Isabel Veloso, a Zabéu, estudante de Psicologia de 17 anos, de Dois Vizinhos, Estado do Paraná, que recebeu diagnóstico de Linfoma de Hodgkin em 2021, aos 15 anos, e a partir daí começou uma luta incansável contra a doença, está sendo alvo de fake News.

Leia também: Último desejo: jovem de 17 anos em estado terminal quer se casar; ASSISTA

Leia também: Linfoma de Hodgkin: saiba como age o câncer que acometeu jovem que sonha se casar

Leia também: Último desejo quase realizado: jovem de 17 anos em estado terminal vai se casar em abril

Leia também: Jovem em estado terminal: muitas emoções com o vestido de noiva e tratamento novo; VÍDEO

Zabéu, que vai realizar seu último desejo – casar-se com o amor da vida dela, o empresário Lucas Borbas, 26 anos -, no próximo dia 22, e ficou alguns dias sem postar vídeos nas redes sociais “por causa da correria”, precisou se justificar porque há pessoas espalhando informações falsas de que ela estaria hospitalizada ou morreu.

“Tem muita gente usando minha imagem. Tem gente fazendo simulação como se eu estivesse dentro de um caixão, morta. Não é legal”, diz em vídeo publicado no TikTok como alerta a seus mais de 1 milhão de seguidores. “Tô viva, tô caminhando, tô com minha família, com o Lucas, com meus sogros. Onde já se viu ficar postando esse tipo de coisa? Não acreditem nesse tipo de publicação.”

Isabel Veloso disse que está bem, e que segue com as lives praticamente diárias, à meia-noite, no TikTok. “Faz semanas que eu não preciso ir ao hospital para receber medicação. A última vez que tive contato com agulha foi para fazer exame de sangue”,afirmou. Ela explica que a falta de vídeos nos últimos dias é por conta da proximidade do casamento - faltam 12 dias.

Apesar de uma rede de solidariedade ter se formado em torno do casal para que tudo saia exatamente do jeito que Zabéu sonhou, muitos detalhes precisam ser decididos pelo casal. “Qualquer coisa de grave que acontecer comigo, vocês vão ficar sabendo pelo meu perfil pessoal, não pelos outros”, afirma.

Desconhecido cria grupo no WhatsApp
Zabéu ainda alerta que alguém, que ela não sabe quem é, ainda, criou um grupo no WhatsApp e está se passando por ela, com seguidores, dando informações falsas sobre sua saúde. “Não fiz nenhum grupo, não estou dando notícias pelo Whats. Tomem cuidado”, alerta. “Não acreditem em qualquer coisa. Não morri, não existe nenhum grupo com notícia. Então, relaxem, eu estou bem. Mas tomem cuidado. Não acreditem em qualquer coisa”, reitera.

Relembre a história de Isabel
Isabel Veloso, a Zabéu, estudante de Psicologia de 17 anos, de Dois Vizinhos, Estado do Paraná, recebeu diagnóstico de Linfoma de Hodgkin em 2021, aos 15 anos. A partir daí, começou uma luta incansável contra a doença. Zabéu passou por quimioterapia, transplante de medula óssea e diversos tratamentos. Recebeu a notícia de que estava curada em novembro do ano passado.

Mas três meses depois, foi informada pelos médicos que o câncer havia retornado ainda mais agressivo. E após uma série de exames, o baque: não havia mais chance de cura. A equipe médica ainda disse que ela teria cerca de 4 meses de vida pela frente.

Mayara Zandona Boscari, prima de Zabéu, que sempre acompanhou tudo de perto, perguntou o que ela faria se pudesse ter mais tempo, qual era o sonho dela. E a resposta foi: se casar com o amor dela, o empresário Lucas Borbas, 26 anos, que conheceu quando tinha recebido o diagnóstico de cura, mas ainda estava em tratamento. Porém, pouco tempo depois de decidirem morar juntos, descobriram que a doença havia voltado em estado terminal.

Último desejo
Para realizar o último desejo de Zabéu, Mayara criou uma Vakinha Virtual. Eles, que tinham o objetivo de arrecadar R$ 25 mil, conseguiram mais de R$ 30 mil horas depois que a Rede Sampi divulgou a história, no início de marco. “A matéria foi essencial”, afirma Mayara Boscari. "Tenho certeza de que se não fosse a matéria, não teríamos alcançado tantas pessoas e em tão pouco tempo conseguido alcançar um valor tão grande", emendou.

A partir daí, uma rede de solidariedade se formou em torno de Zabéu e Lucas. Um grupo de WhatsApp foi criado para facilitar os preparativos. Além de Zabéu, Lucas e a prima dela, Mayara, no grupo estão profissionais da área – estilistas, fotógrafos, videomaker, chef, maquiadora, manicure, confeiteiros, decoradores entre outros - que farão o casamento acontecer: do dia da noiva à festa.

O casamento de Zabéu e Lucas será para um grupo seleto de 50 pessoas. Apenas para amigos mais íntimos e familiares. Por isso, a pedido, a Rede Sampi não divulgará onde a cerimônia será realizada.

Conheça Zabéu
Isabel Veloso fala sobre sua luta contra o Linfoma de Hodgkin no Instagram e no TikTok (@isabelvelosoo), onde responde a perguntas, conta sobre o seu dia e outras novidades. Além de gostar bastante de fazer os conteúdos, ela acredita que dá força a quem passa pelo mesmo que ela.

Em entrevista à Rede Sampi, Zabéu disse viver um turbilhão de sentimentos desde que descobriu o câncer. “Dói muito mesmo, mas com o passar dos anos eu fui aprendendo a lidar e percebendo algumas coisas.” Ela conta que precisou amadurecer muito cedo. “E confesso que só estou aqui ainda porque o amor das pessoas ao meu redor me mantém viva.”

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Tati
    09/04/2024
    O brasileiro precisa se ocupar mais, de coisas reais e honestas.