ARTIGO

Transformar ideais em ações

09/05/2024 | Tempo de leitura: 3 min

Foto: reprodução Freepick

As realizações humanas nas mais diversas áreas resultam de ideias e ideais que, após concebidos, são seguidos do esforço de quem os põe em prática, processo que passa pelo reconhecimento de sua validade e viabilidade, até sua concretização.

Os ideais são concepções que gradualmente passam ao plano físico, desde que haja a necessária receptividade de quem lhes recebe a influência, tanto quanto a boa vontade de quem se disponha a executá-los.

Um ideal, no sentido daquilo a que se aspira pelo seu valor, contém energias à espera de serem utilizadas na sua realização. É sabido que quando se decide realizar algo unem-se forças criadoras humanas e universais, por isso importa tomarmos consciência dos ideais que acolhemos, certificando-nos que estejam a serviço de propósitos evolutivos.

Todas as realizações humanas ao longo da história o foram a partir dos ideais que as inspiraram e impulsionaram. Muitos dos que foram considerados idealistas ou utopistas viveram à frente do seu tempo e trouxeram preciosa contribuição ao aprimoramento da sociedade. Suas propostas transformadoras foram sementes lançadas à coletividade. Esses seres têm sido estímulos e catalisadores das mudanças necessárias a um convívio melhor e mais saudável.

Aqueles que não se conformaram com a situação vigente e se propuseram mudar o cenário em que viviam mobilizaram os demais à realização das ações que anelavam, seja como inspiradores ou protagonizando tais mudanças. Por isso, quando se fala de realidade social, esta nos parece uma condição viva e dinâmica, fruto dos impulsos daqueles que se mobilizam para catalisar as mudanças que consideram necessárias. Nenhum cenário, seja psicológico, familiar, social, político, econômico ou religioso permanece estático, pois o dinamismo da vida permeia tudo o que existe, impulsionando as constantes transformações de que fazemos parte. Nesse movimento, se a sociedade é um organismo coletivo, a partir de nossa renovação individual podemos colaborar com as mudanças que almejamos no mundo.

Um verdadeiro ideal não é uma fuga da realidade em que se vive, em mecanismo escapista, mas, ao contrário, uma percepção lúcida do que precisa e pode ser mudado para melhor, mediante ações correspondentes. Os ideais podem ser considerados roteiros para atingirmos condições que ainda não vivenciamos, mas que são possibilidades reais, tanto que muitos indivíduos, mais conscientes, já as alcançaram.

Na fase de transição planetária em que nos encontramos, novos padrões de comportamento e de vida estão sendo incorporados, os quais, até há pouco, eram considerados impraticáveis. Graças ao despertar da consciência, muitos já estabeleceram para si e para as relações com os demais seres novos e melhores padrões de conduta, e graças à crescente adesão aos estímulos evolutivos, o que até há pouco era apenas ideal tende a se tornar a realidade vivenciada.

Inspirarmo-nos nos mais elevados ideais ao nosso alcance e empenharmo-nos na sua manifestação é um desafio estimulante que se apresenta a todos nós, possibilitando-nos participar da renovação do mundo em que vivemos e convivemos, o que vai ao encontro das propostas espirituais.

Permanecermos fiéis ao cumprimento das tarefas que a vida nos confiou permite-nos aguardar com sereno otimismo o alvorecer de uma nova era, na qual os mais elevados ideais anunciados pelos instrutores espirituais de todos os tempos se tornará a realidade sentida e vivida pelos habitantes deste planeta.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do SAMPI

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.