ARTIGO

Texto fora do contexto é pretexto

Por Walter Naime | 21/11/2023 | Tempo de leitura: 2 min

Nesta vida onde as interações humanas se tornam cada vez mais digitais e as redes desempenham um papel central, a questão do texto fora do contexto tem se tornado um crescente desafio nas relações humanas. Muitas vezes, o que se tem dito ou escrito é interpretado de maneira errônea, levando a mal-entendidos, conflitos e discursos improdutivos. A guerra tem berço nesse estado de coisas.

O texto fora do contexto acontece quando as palavras de uma das partes que propõe a discussão são retiradas do seu ambiente original e, sem contexto, podem ser mal interpretadas. Aparecem de diversas maneiras, desde trechos que são cancelados do contexto até mensagens que são compartilhadas sem considerar a intenção do autor. Uma simples frase pode ser entendida com erros levando à violência. Os comentários com aparência inofensiva podem se tornar pretexto para discussões acaloradas.

O papel humano tem uma importância vital nesse cenário. Diante de desejos escusos, as pessoas tiram as palavras de alguém do contexto para fins condenáveis, criando polêmicas. Esse tipo de manipulação mina a confiança nas relações das partes.

Frequentemente, alimentados por mal-entendidos decorrentes do texto fora do contexto tornam as discussões improdutivas. É necessário que haja esforço para entender o contexto em que as mensagens são compartilhadas e evite-se tirar conclusões precipitadas.

A conscientização sobre essa área do texto fora do contexto pode ajudar a promover comunicação mais eficaz e relações humanas mais saudáveis. A comunicação eficaz é essencial para a construção de relacionamentos robustos em um mundo mais digital.

Nesse cenário desafiador, a educação sobre a interpretação contextual e o pensamento crítico se tornam ferramentas muito úteis. É fundamental que as pessoas sejam conscientes do impacto das palavras e estejam dispostas a considerar o contexto antes de tirar soluções.

O comportamento humano e as armadilhas da interpretação na convivência familiar são os tópicos mais relevantes para serem considerados, pois a sociedade é formada pela família.

Sabemos que o comportamento humano pode ser um elo entre as pessoas, quanto fonte de tensões nas relações familiares.

Em um cenário onde a família é um dos pilares da sociedade, as interpretações errôneas das palavras podem ter efeitos duradouros. Discursos em grupo, mensagens de texto e mesmo comentários podem se tornar pretextos para desavenças.

A solução para esse desafio reside fortemente na conscientização e educação. As famílias precisam entender o impacto do texto fora do contexto e cultivar o pensamento crítico. A empatia é crucial para manter relações familiares saudáveis, não deixando que essa tiririca se espalhe.

Não usei nenhum pretexto para não realizar esta crônica e quero crer que o mesmo se dê aos leitores, para não querer fazer parte desse contexto.

Assim, no contexto da vida, com leituras e conhecimentos, os leitores poderão tirar dela o sabor da sua essência. Fomos sem pretexto!!!...

--------------

Os artigos publicados no Jornal de Piracicaba não refletem, necessariamente, a opinião do veículo. Os textos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do SAMPI

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.