ARTIGO

Semdettur: desenvolvendo Piracicaba

Por José Luiz Guidotti Júnior | 19/06/2023 | Tempo de leitura: 3 min

Desde que assumi como secretário municipal, em janeiro de 2021, tenho procurado cumprir a missão de desenvolver economicamente o município.

Nestes 30 meses, criamos a Semdettur e passamos a oferecer oportunidades reais de geração de trabalho e renda. Montamos um time altamente técnico, redirecionamos servidores públicos para departamentos desestruturados, como Desenvolvimento Econômico, Turismo, Inovação e o Aeroporto.

Conseguimos o feito inédito de atratividade de novas empresas na ordem de R$ 5,1 bilhões em curto espaço de tempo. Novas plantas como Klabin, CJ e Tools Digital Services gerarão mais de 5.000 novos empregos diretos. Para que isso fosse possível, alteramos o Plano Diretor, a fim de devolver os mais de 3 milhões de m2 suprimidos pela gestão anterior, que cometeu o equívoco de transformar um distrito industrial (Uninoroeste) em zoneamento misto. Conseguimos a reincorporação de área do Semae a fim de fazermos o Nupin – Núcleo de Pequenas Indústrias, no bairro Uninorte, onde serão disponibilizados em torno de 20 novos lotes para esse fim.

No Aeroporto Municipal Pedro Morganti, revertemos o estado deficitário que encontramos para deixá-lo preparado para transformá-lo em Aeroporto Regional a ser administrado pela Infraero. Investimos em equipe, manutenção geral e incremento nas receitas na ordem de 430%. O recapeamento da pista, extensão da taxi way e balizamento noturno já estão em fase licitatória.

Na Inovação, mapeamos o ecossistema piracicabano, criamos e implantamos o HUB Piracicaba, ampliamos o perímetro do Parque Tecnológico a fim de incluir a Fumep neste ambiente inovativo, firmamos parceira com o Cerest, MPT e Fumep para termos o maior laboratório da América Latina de testes de ensaios para a construção civil.

No Turismo, passamos a integrar o Consórcio de Municípios da Serra do Itaqueri, regularizamos a documentação a fim de deixar nossa cidade apta para ser MIT (Município de Interesse Turístico), concedemos a permissão de uso do Casarão do Turismo para o E.C. XV de Novembro e vamos iniciar a reforma da Casa do Artesão, ambos estavam em estado de abandono. Executamos projetos que são um sucesso como o Saudades e Suas Vozes e Comida de Rua. Promoveremos o 1º Encontro de Carros Antigos, a 1ª. Oktober-Pira com cervejarias locais e o 1º Pedala-Pira. Já estamos em processo para abertura da licitação de concessão do Parque do Mirante, além de projeto inovador do Audiotur. Conquistamos o 1º lugar em Top Destinos Turísticos de São Paulo em 2021 na categoria de Turismo de Negócios e estamos como finalistas na categoria Gastronômica em 2023.

No Trabalho e Renda, ampliamos os atendimentos em 20%, revertemos 3.884 postos de trabalhos fechados entre 2017 e 2020 para incríveis 17.141 empregos gerados com carteira assinada em 28 meses. Implementamos projetos de grande alcance para geração de trabalho e renda como o Emprega Pira e Empreenda Pira, investimentos em qualificação através de contratação do Senai, Senac, Sebrae e Fumep, remodelação do Shopping Popular (Camelódromo) há mais de 20 anos sem qualquer investimento e a 3ª Feira da Empregabilidade.

Quando leio artigos nos criticando ou dizendo que não estamos fazendo nada mais que nossa obrigação, confesso que sinto que estamos no caminho certo, fazendo a diferença por uma Piracicaba melhor e com sentimento de dever cumprido de um trabalho sério como é o dessa administração.

Obrigado Marcelo Kraide, Rose Massarutto, Dani Sanches, Pedro Chamochumbi, Cris Batochio, Alessandra Freire, Talita Silva, Graciele Bortoletto, Edmara Damiani, Fernando Reis, Arlete Rocha e todo time da Semdettur. Sem vocês nada disso seria possível.

Obrigado, prefeito Luciano Almeida, pela confiança em nosso trabalho.

--------------

Os artigos publicados no Jornal de Piracicaba não refletem, necessariamente, a opinião do veículo. Os textos são de responsabilidade de seus respectivos autores.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do SAMPI

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.