PEDÁGIO CRITICADO

Novo pedágio da Tamoios é alvo de críticas no Vale do Paraíba

Usuários reclamam do aumento de 29,09% na tarifa e da nova cobrança automatizada

Por Marcelo Rocha | 26/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São José dos Campos

Foto: Divulgação Tamoios

O novo pedágio, com custo previsto de R$ 4,80, deve começar a operar em 17 de novembro
O novo pedágio, com custo previsto de R$ 4,80, deve começar a operar em 17 de novembro

O novo sistema de pedágio free flow, que será implantado na Rodovia dos Tamoios a partir de novembro, está gerando uma onda de críticas nas redes sociais. Usuários estão insatisfeitos com o aumento de 29,09% no preço do pedágio, alegando que os diversos impostos já pagos pela população paulista tornam essa nova tarifa injustificável.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

“Já pagamos IPVA e tantos impostos federais porque essa cobrança absurda ... brasileiro aceita tudo ...afff!”, desabafou uma usuária em reportagem de OVALE publicada no Facebook.

Outro leitor comentou: “Vergonhoso, para uma estrada que foi construída com dinheiro público”. Outro ainda lamentou: “Q absurdo,povo vai pela Osvaldo Cruz”.

A nova tarifa fará com que a viagem de São José dos Campos para Caraguatatuba suba de R$ 16,50 para R$ 21,30, resultando em um custo total de R$ 42,60 para ida e volta do Litoral Norte. Críticos argumentam que os benefícios da nova cobrança de pedágio não atenderão a todos os usuários, comparando a situação ao futuro Trem Intercidades que ligará São José dos Campos à capital paulista.

“Pois é... vamos amargar a realidade que tudo que se faz de bom não é para a maioria. Vai ser a mesma coisa com o trem de SJC para SP ( absurdo que contemplará os bolsos da minoria )”, comentou outro usuário.

O novo pedágio, com custo previsto de R$ 4,80, deve começar a operar em 17 de novembro, coincidindo com a conclusão dos Contornos de Caraguatatuba e São Sebastião. O equipamento será instalado no km 13,5, substituindo a praça de pedágio 3, inicialmente planejada para o Contorno de Caraguatatuba.

Atualmente, a Rodovia dos Tamoios tem duas praças de pedágio que cobram nos dois sentidos. Em Jambeiro, no km 16,1, o preço é de R$ 5,30 para carros de passeio e utilitários, e R$ 2,65 para motos. No km 59,3, em Paraibuna, o valor sobe para R$ 11,20 para carros e utilitários, e R$ 5,60 para motociclistas. O último reajuste ocorreu em julho de 2023.

O sistema free flow utiliza “pórticos” equipados com câmeras e sensores que identificam os veículos por uma tag de cobrança ou pela placa do veículo, permitindo uma cobrança mais fácil, rápida e segura, sem a necessidade de paradas ou redução de velocidade.

Como pagar o pedágio free flow da Tamoios:

- TENHO TAG: O sistema lê a tag instalada no veículo e a tarifa é cobrada automaticamente.

- NÃO TENHO TAG: O sistema lê a placa e o valor da passagem estará disponível para pagamento pelo App Tamoios e o site Tamoios.

- EVASÃO DE PEDÁGIO: Não pagar a tarifa caracteriza evasão de pedágio, sujeitando o usuário às penalidades do Código de Trânsito Brasileiro.

- QUERO ADQUIRIR UMA TAG: As empresas fornecedoras de tag são ConectCar, MoveMais, Sem Parar, Taggy e Veloe.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

12 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Wiliam
    02/06/2024
    Uma canalhice sem tamanho , os governantes nao estão satisfeitos com a grana que entra , um poço sem fundo , cobrar cobrar e cobrar. Até quando isso vai ser permitido pela população, já passou dos limites , daqui a pouco vai ter político sendo espancado em público ....
  • Sérgio Fernando da Costa
    29/05/2024
    Tem que questionar pois foi feito com dinheiro público.
  • Wilhelm Young
    29/05/2024
    Só está reclamando aqui nessa página os turistas. Turistas tinham que pagar o dobro. Aqui não cabe mais turista. E os que infelizmente já estão vindo tinham que pagar por eles e por quem mora.
  • José Romeu de Moraes
    29/05/2024
    O governo criou o IPVA porque não havia mais pedágio. Agora pagamos pedágio caro e continua o IPVA. Absurdo
  • José Fernando de Carvalho
    28/05/2024
    Moro em Barueri e tenho um apto em Caraguatatuba para passar minhas folgas, já passo por 6 pedágios e, mais um agora, vou acabar gastando mais em pedágio do que no combustível. Simplesmente absurdo isso, visto os que já tem, fora IPVA, DPVAT que voltou e, mesmo não querendo, uma vez ou outra uma multa porque excedeu a velocidade em algum radar. Deviam baixar e tirar regalias dos governantes que são muitas, enquanto o coitado tem que trabalhar mais de trinta anos para se aposentar com.uma miséria, um deputado precisa só de dois mandatos, ou seja, 8 anos para se aposentar com fartura e, em 32 anos pode ficar com 3 aposentadorias com muita regalias. Infelizmente não dá para mudar isso enquanto houver tanta corrupção.
  • Omair Silvs
    28/05/2024
    Temos que levantar bandeira e lutar contra mais este abuso de cobrança. Embora ninguém respeite a voz do povo desde o mais simples funcionário público até o presidente da república.
  • Nilton
    27/05/2024
    Além da cobrança absurda, temos que nos virar pra pagar, quando deveria nos ser enviado a cobrança. E a velocidade ridícula de 80 km/h que já era na época da pista simples, não evoluiu com a duplicação. Tudo para nos extorquir
  • Marcelo
    27/05/2024
    Isso é absurdo a concessionária já ganha muito pelo trecho que é de responsabilidade dela administra, outra o custo de vida de quem mora no litoral vai subir muito com a nova praça de pedágio. O Governador está dando tiro no pé com está iniciativa liberada o custo deveria ser mínimo e já existe. Duas pracas de pedágio na rodovia vai ter até quantos no final das obras?
  • JJ Oliveira
    27/05/2024
    Se não vai ter mais funcionários nas praças, por que cobrar mais caro?
  • Ivo
    27/05/2024
    O pedágio free flow é usado na Rio-Santos e em alguns outros pontos em rodovias de São Paulo. Assim sendo, a concessionária deveria apresentar um plano de padronização da cobrança na rodovia e contornos - São Sebastião será liberado em algum momento. Com o fim das duas praças de pedágio no trecho de planalto, o espaço liberado pode ser usado pela concessionária para auxiliar motoristas sobretudo caminhoneiros. No litoral, haverá um fluxo semelhante ao da Dutra e Carvalho Pinto quando tudo estiver pronto. Quem paga pedágio andará melhor, sem pagar pedágio enfrentará a Rio-Santos entre Ubatuba e São Sebastião. Os contornos ainda estimularão desenvolvimento em Caraguatatuba sobretudo na direção de São Sebastião - fazenda Serramar.
  • carlos mascarenhas
    27/05/2024
    É uma vergonha cobrar mais esse valor, pois que faz o trajeto Caragua São José dos Campos, após as 22 horas, tem que subir pela estrada velha em duas mãos, com riscos incalculaveis, com chuva, neblina ou os dois juntos, Estou fazendo a viagem como fazia a 30 anos atrás . Já pedi uma explicação e não respondem (Nem na ouvidoria da Concessionaria). Neste caso eles deviam deixar os veiculos sem pagar o pedagio, pois não estamos tendo beneficio nenhum. Mas a midia tb não tem falado nada a esse respeito. Lamentavel.
  • MILTON AKIO SANUKI
    27/05/2024
    Vão na conversa mole do Tarcísio, recebem de presente um belo aumento no pedágio!! Bem feito!!!