MÚSICA REGIONAL

Banda 'Céu de Lamparina' inicia turnê no Vale com show em S. José

Conjunto irá se apresentar na Festa do Mineiro, no dia 18 de maio, com o show ‘Festa do Interior’, que dará início à turnê por cidades do Vale do Paraíba e Litoral Norte

Por Da redação | 14/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São José dos Campos

Divulgação

Integrantes da banda 'Céu de Lamparina'
Integrantes da banda 'Céu de Lamparina'

A banda Céu de Lamparina, de São Luiz do Paraitinga, dá início à sua turnê “Festa do Interior” em São José dos Campos, no próximo sábado (18), às 17h, na 22ª edição da Festa do Mineiro, no Parque da Cidade.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp.

O projeto conta com financiamento pela Lei Paulo Gustavo e irá circular por dez cidades do Vale do Paraíba e Litoral Norte, prestando homenagem às festividades que caracterizam o ritmo das cidades do interior de São Paulo.

"Festa do Interior" reforça a memória afetiva regional, trazendo à tona a rica tapeçaria musical do Vale. Durante a turnê, o público poderá desfrutar de um setlist com 17 músicas.

O show inclui canções representativas da música regional do Vale, extraídas do rico repertório presente em suas mais diversas manifestações culturais, incluindo o tradicional Festival ‘Chipulpul’ de Música Junina de São Luiz do Paraitinga, evidenciando compositores das antigas e novas gerações da cidade e região.

A banda é composta por Archanjo dos Santos (bateria), Fábio Gomes (percussão), João Gaspar (Guitarra), Léo Couto (Cordas e Arranjos), Mara Rúbia (Voz e Percussão), Netto Campos (Voz e Sintetizador), Patrícia Guimarães (Voz e Violão), Rafael Cabello (Sanfona) e Thar (Voz e Contrabaixo).

O grupo engloba uma grande diversidade de gêneros musicais ligados à identidade cultural brasileira, como o samba rural, o calango, o xote, o baião, o coco, a ciranda, o arrasta-pé, a guarânia, entre muitos outros.

Essa abordagem livre e criativa combina sintetizadores e guitarras de maneira harmoniosa com a viola caipira e a sanfona, resultando em uma sonoridade contemporânea para o trabalho.

O projeto da banda busca ampliar seu repertório para um público mais diversificado, contando com medidas de acessibilidade, incluindo intérprete de Libras, além de acessibilidade atitudinal nos locais das apresentações.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.