SABESP

Alexandre vota sim à privatização: 'Franca terá R$ 450 milhões'

A aprovação do novo contrato da Sabesp ocorreu durante reunião no Palácio dos Bandeirantes nesta segunda-feira, 20.

Por N. Fradique | 22/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Divulgação

Alexandre Ferreira: vídeo após votar novo contrato de concessão da Sabesp
Alexandre Ferreira: vídeo após votar novo contrato de concessão da Sabesp

Franca está entre os 370 municípios – de um total de 375 – favoráveis à privatização da Sabesp, proposta do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos).

A aprovação coletiva do novo contrato de concessão da Sabesp ocorreu durante a reunião do Conselho Deliberativo da Unidade Regional de Serviços de Abastecimento de Água Potável e Esgotamento Sanitário Sudeste (Urae-1), nesta segunda-feira, 20, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

O contrato, assinado pelos prefeitos, inclusive por Alexandre Ferreira (MDB), passa a valer a partir da conclusão da privatização e valerá até outubro de 2060. Assim, os contratos atuais dos municípios com a Sabesp serão extintos e substituídos por acordos com o novo controle da empresa em caráter "irrevogável e irretratável".

Nesta terça-feira, 21, Alexandre Ferreira publicou vídeo em suas redes sociais comentando sua posição, informando também que Franca receberá R$ 450 milhões para investimento em obras de infraestrutura. “Sobre o contrato da Sabesp, como ele reflete na sua vida. Franca terá R$ 450 milhões, pelo menos, para fazer obras contra enchentes e de recapeamento das nossas ruas pelos próximos anos. E mais, tarifa de água menor, principalmente para quem tem menos condições financeiras”.

Alexandre lembrou que a abertura para maior participação da iniciativa privada na Sabesp é uma decisão consolidada do governador Tarcísio de Freitas, aprovada pelos deputados estaduais. “Então, como prefeito, a minha função é defender a nossa cidade e a nossa gente, garantindo que estas e outras melhorias cheguem até nós. Nós seguimos firmes trabalhando pela nossa cidade e pela nossa gente”.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

14 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Gabriel
    27/05/2024
    Em Mg temos a Copasa, que é uma empresa de saneamento e água, como a sabesp. A Copasa é 50% do governo e o resto de empresas privadas, porém o resultado foi que quase todos buracos das ruas de mg foram gerados por ela, despejo de esgoto sem tratamento nos córregos e rios, gambiarras por todo lado, alagamentos, vazamentos e aí por diante.
  • Darsio
    26/05/2024
    Água é um recurso que sem o qual não há vida. Até porque cerca de 68% do nosso corpo é feito de água. Transformá-la numa mercadoria é sim negá-la aqueles que, por estarem desempregados ou vivendo do subemprego ou ainda com salários miseráveis, não possuem condições de pagar. Seja qual for a empresa que adquirir a Sabesp, a sua meta única será o lucro e jamais a caridade ou qualquer tipo de preocupação social. E, se ampliarem os subsídios para os mais pobres, tenham a certeza de que a diferença que deixarão de pagar será diluída nas contas dos demais consumidores. Ou seja, preparem os seus bolsos para aumentos muito acima da inflação.
  • Darsio
    26/05/2024
    Fazem meses que os preços do gás de cozinha, da gasolina e do diesel não aumentam. Aliás, o último aumento que houve foi na verdade uma determinação do STF para a volta o ICMS, um imposto estadual que o governo Bolsonaro eliminou pensando desesperadamente na sua reeleição, mas que resultou num milionário calote aos governos estaduais, que teve de ser pago pelo atual presidente. Mas, diga aí pessoal! |Estão com saudade da época que a gasolina e o diesel custavam quase 10 reais o litro e, seus preços subiam até mesmo duas vezes por semana?
  • Darsio
    23/05/2024
    Sr trabalhador honesto! A Petrobrás fechou 2023 com superávit e, para o seu alívio e o de todos nós, os preços dos combustíveis estão estabilizados. Ou vossa senhoria está com saudades dos constantes aumentos que ocorriam num único mês, durante o Governo Bolsonaro? Aliás, por qual motivo Bolsonaro vendeu a refinaria da Bahia por um valor muito abaixo do que ela realmente valia? Teria trocado ela por joias com os árabes? O governo Lula errou sim em trocar o presidente da Petrobrás, pois isso gerou muitas especulações que causaram a desvalorização de suas ações. Mas, isso ocorre com todas as empresas, daí dizer que investir em ações, sejam de qualquer empresa, há os seus riscos. Aliás, por qual motivo os acionistas da Petrobrás não venderam as suas ações? Simplesmente por que ela é uma empresa sólida, superavitária e, está preste a encontrar petróleo na região da Foz do Amazonas. Estude um pouco mais, senhor Trabalhador Honesto, pois com fake news, o seu sobrenome não se faz verdadeiro. Concorda?
  • Beto
    23/05/2024
    Isso só pode ter sido aprovado na câmara estadual e junto aos prefeitos a base de muita propina, não tem outra explicação..... uma empresa que em 2023 computou lucro líquido, vou repetir LUCRO LIQUIDO OU SEJA sobrou dinheiro limpinho de R$ 3.523.500.000,00 + DE 03 BILHÕES DE REAIS..... ISSO MESMO + DE 03 BILHÕES..... uma empresa altamente lucrativa e eficiente.... ai o Zé Carioca quer vender a preço de banana pra iniciativa privada, e ainda por cima, parte do valor da venda, pasmem..... sim senhoras e senhores parte do valor da venda 33% será doado para a empresa que comprar a Sabesp para subsidiar a tarifa por um pequeno período (ou seja até acabar estes 33%)..... vai dar a SABESP e ainda vai dar parte do nosso dinheiro, sim nosso dinheiro pq é uma empresa pública, para subsidiar por um curto período de prazo a nossa própria tarifa, e ai quando estes 33% acabarem a iniciativa privada que lógico, só visa o Lucro nada de braçada cobrando o que quiser e bem entender dos patriotarios .....
  • Paulo Renato Souza
    23/05/2024
    Sou a favor da privatização sim, agora só falta o prefeito privatizar essas autarquias de Franca (UNI-FACEF, FDF, SASSON E ENDEF) pois elas não trazem nenhum benefício para a população francana, só cabide de empregos.
  • Dirceu
    23/05/2024
    A comissão vai ser gorda.... por isso que os políticos estão loucos pela privatização.... Depois o povo que vai pagar essa conta, como sempre.
  • ELENICE
    23/05/2024
    O GOVERNO ATUAL TARCISIO DE FREITAS GANHOU AS ELEIÇÕES EM PRIMEIRO LUGAR AQUI EM FRANCA. O POVO FRANCANO AJUDOU MUITO A ELEGER QUEM VAI ACABAR COM O ESTADO DE SÃO PAULO. AGORA É AGUARDAR O CAOS!!!!
  • Trabalhador Honesto
    23/05/2024
    Sr Darcio nada que pertence ao Estado da Lucro aja visto a Petrobras que acumula prejuízo de bilhões no governo atual,porém se o senhor observar os gráficos atuais no governo Bolsonaro a Petrobras apresentou superavit em todos anos do governo Bolsonaro,no entanto a Sabesp como bem sabemos é um CABIDE DE EMPREGO onde uma corja de lobos velhos se apoderaram e gozem de altíssimos salários,portanto Sr Darcio vai estudar mais e não opine aonde o Sr não entende e para de passar pano para comunistas.
  • Francano
    22/05/2024
    Tem que acabar mesmo com a farra , e as mordomias de vários funcionários públicos da sabesb em franca ..e dinheiro público...mas esse prefeito Alexandre não tem moral men competência para administrar nada quanto mais uma cidade como Franca que esta crescendo é merece ser bem administrada com investimentos para A CIDADE..ALEXANDRE vão procurar outra coisa para fazer como Prefeito vc não fez nada ..chega de bla bla bla..vc só trouxe problemas para a população Francana
  • Raul Freitas
    22/05/2024
    agora que nao ganha, nojo desse prefeito
  • Darsio
    22/05/2024
    Só gostaria que alguém me apresentasse um único exemplo de privatização que resultou no barateamento das tarifas. Um só exemplo e, nada mais. No Brasil, onde os serviços de saneamento já estão privatizados, se paga tarifas muito mais caras. Oras! A privatização fará com que um direito universal e indispensável, a vida se transforme em mercadoria ao usufruto dos interesses lucrativos do mercado. Veja o caos da energia em, que se a pessoa deixar de pagar a conta por três meses, a CPFL simplesmente envia os seus funcionários para fazer o corte, sem ao menos saber o que está ocorrendo com as pessoas, se estão desempregadas ou ainda se há alguém que está acamado e necessita de eletricidade. Simplesmente é feito o corte. A Sabesp é lucrativa e eficiente e, por isso não há lógica alguma em sua privatização. Mas, uma certeza existe, ou seja, muitos daqueles que aprovam a sua venda, serão os mesmos que utilizarão desse espaço para criticar os aumentos da tarifa.
  • José Roberto
    22/05/2024
    Maior tragédia anunciada!!! Aguardem..
  • Onde vai parar
    22/05/2024
    450 milhões que vão ser enfiados sabe lá onde, que depois as contas de água subirão, afinal como é privado o objetivo não é mais social e sim o lucro e a população que se exploda, o tempo dirá mas basta pegar as prestadoras de serviços essenciais em outros estados e municípios e pesquisar, junta se a um poder público incompetente que não sabe gerir prefere terceirizar a responsabilidade e ficar apenas com seu salário no final do mês