VIOLÊNCIA

Servidor público morre após levar 8 facadas em cidade da região de Franca

O funcionário público morreu nesta segunda-feira, após ser esfaqueado no último sábado e socorrido para o hospital de Passos (MG).

Por N. Fradique | 28/11/2023 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução

Euller Rocha Arantes tinha 33 anos
Euller Rocha Arantes tinha 33 anos

A Prefeitura de Capetinga (MG), cidade a 45 km de Franca, decretou luto oficial nesta terça-feira, 28, pela morte do servidor público Euller Rocha Arantes, 33 anos.

O funcionário público morreu nessa segunda-feira, 27, após ser esfaqueado no último sábado, 25, e socorrido para o hospital de Passos (MG). O acusado de ser o autor do homicídio seria filho de um ex-prefeito da cidade. Ele teria desferido oito facadas na vítima, que perfuraram pulmão e outros órgãos.

Arantes e o autor das facadas se encontraram em um posto de combustível. O acusado não aceitava o namoro da vítima com a sua ex-namorada, relacionamento que já havia terminado há seis meses.

Após o crime, o homem fugiu  e continua desaparecido da cidade.

A Polícia Civil vai investigar o caso e a Polícia Militar está realizando diligências para localizar o autor do homicídio.

Confira abaixo a nota da Prefeitura:

"A Prefeitura de Capetinga  representada pelo prefeito Luiz Cesar Guilherme, declara luto oficial em virtude do óbito do servidor público Euller Rocha Arantes e manifesta o seu mais profundo pesar pelo falecimento.

Neste momento de tristeza e dor, nos unimos para manifestar nossas mais sinceras condolências aos familiares, parentes e amigos de Euller, rogando a Deus que conforte seus corações".

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.