CALÇADÃO

Com arborização, revitalização do Calçadão de Bauru vai começar em janeiro

Segundo a Secretaria de Obras, cada quadra terá um boulevard verde e a cobertura dos tradicionais arcos será na cor bronze

Por Tisa Moraes | 28/11/2023 | Tempo de leitura: 3 min
da Redação

Tisa Moraes/JC Imagens

Parte dos arcos do Calçadão da Batista de Carvalho será retirada para dar lugar a boulevards verdes
Parte dos arcos do Calçadão da Batista de Carvalho será retirada para dar lugar a boulevards verdes

Após anos de espera, a revitalização do Calçadão da Batista de Carvalho finalmente sairá do papel. No último sábado (25), a Prefeitura de Bauru publicou, no Diário Oficial, a homologação da licitação que definiu a empresa responsável por executar a obra.

A reforma deverá ser iniciada em janeiro de 2024 e prevê diversas modificações, entre elas o plantio de árvores nas sete quadras do corredor comercial, a troca do piso e das coberturas dos famosos arcos azuis por outras na cor bronze. Ao todo, a empresa AC Melko Engenharia e Construções Ltda, com sede em São Paulo, deverá receber R$ 5,077 milhões pelo serviço.

"Depois de quase três anos de muitos problemas, de projeto, de licitar e não dar certo, nossa expectativa é assinar a ordem de serviço neste ano para as obras começarem no início do ano que vem. Não vamos começar a obra agora, porque esta é a melhor época do ano para o comércio", comenta a prefeita Suéllen Rosim.

Segundo a secretária municipal de Obras, Pérola Zanotto, esta foi a terceira licitação aberta pela prefeitura com o objetivo de contratar uma empresa para realizar a reforma. A primeira ocorreu em julho de 2022, mas terminou deserta, e a segunda, no final do ano passado, que fracassou após a empresa responsável pela melhor proposta ser inabilitada.

Agora, com a homologação, a previsão é iniciar as obras em janeiro próximo e concluí-las em 14 meses. "O prazo poderá ser diminuído, mas, inicialmente, são dois meses para cada quarteirão. A revitalização, portanto, será feita em etapas e as intervenções que causam maior transtorno, como, por exemplo, a demolição do piso, serão feitas à noite. Imaginamos após 18h até meia-noite", detalha.

No projeto, consta que o Calçadão terá piso intertravado na faixa central, mais permeável, resistente e de fácil retirada para eventuais manutenções na rede de água e esgoto. Já nas faixas laterais, será aplicado piso de concreto desempenado, pisos táteis em concreto pigmentado e rampas de acessibilidade aos comércios e à rua. Pérola acrescenta que os arcos centrais, que não possuem cobertura, serão retirados para dar lugar a um boulevard verde em cada quadra do Calçadão.

"Serão plantadas algumas espécies de árvores, arbustos e plantas rasteiras, de maneira que fique um lugar agradável e com sombreamento e bancos para descanso", frisa. Já os 14 arcos que possuem cobertura e estão posicionados nas extremidades de cada quarteirão serão mantidos, com substituição das placas azuis por outras em policarbonato alveolar na cor bronze.

Também serão substituídos os bancos de concreto, postes ornamentais, lixeiras, floreiras e instalações elétricas. Há previsão, ainda, para instalação de bicicletários em estrutura metálica.

Pérola destaca que, durante a execução da reforma, tapumes e rampas provisórias para circulação de pedestres e acesso às lojas serão disponibilizadas para minimizar prejuízos ao comércio. "Justamente por esta preocupação, precisaremos de dois meses para concluir cada quadra", acrescenta.

Para o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda (Sedecon), Arnaldo Ribeiro, a revitalização do Calçadão será um marco para Bauru, assim como foi sua inauguração, em 1992. "É uma obra extremamente necessária e irá acrescentar muito ao comércio central, que precisava desta atenção do poder público. Não tenho dúvidas de que será mais um atrativo para os consumidores não só de Bauru, mas de toda a região", completa.

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

8 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Sonia
    04/12/2023
    A cidade está carente de árvores. Precisamos de mais árvores para tornar a cidade mais fresca, o clima mais ameno.
  • Dilcéia
    29/11/2023
    Agora vai começar as obras políticas, ano que vem tem eleições e vamos pensat muito bem antes de votar. A cidade está suja e muito lixo por tudo.
  • Gildinha
    28/11/2023
    Olhando daqui, o piso está perfeito! Deviam apenas abrir onde tem que colocar as plantas e árvores e tb, acrescentar mesas e cadeiras pras pessoas descansarem e se alimentarem! Não deviam destruir o que está bom! Deviam apenas reformar inserindo o que falta sem causar tanto transtorno, ainda mais em época de chuva! É só cercar um quadrado grande em volta das plantas e colocar cascalhos de eucaliptos pra manter a umidade.
  • Gino
    28/11/2023
    Troquem os semáforos de pedestres pois alguns não dão pra enxergar nem a pau!
  • ADRIANO A S ANDRADE
    28/11/2023
    A saúde via de mal a pior. Os buracos nas ruas são todos mal feitos e um verdadeiro lixo. A cidade está suja ou imunda. Nada de novo, mas apenas um verniz para enganar o povo.
  • Tati
    28/11/2023
    Que maravilha! Coloquem além dos bancos, mesas com lixeiras ao lado, estilo nova-iorquino! Amei a ideia das plantas, pois Bauru toda e outras cidades da região, estão carentes das sombras e frescor das árvores! Ameiiiiii!
  • LADISLAU VENCESLAU FLORIAN
    28/11/2023
    Obra eleitoreira!!! justamente no ano da eleição. !!!!
  • Eliana
    28/11/2023
    E as melhorias nas UBSs e UPAS começam quando?