POLÍCIA

Homem é preso em Bauru após sufocar e matar filhote de labrador

Indiciado, que já foi solto, bateu na fêmea de apenas dois meses porque ela chorava muito, diz testemunha que também foi agredida

Por Bruno Freitas | 27/11/2023 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Divulgação

Vanessa Araújo, presidente da ONG, e médica veterinária da ONG, Vivian Dota, antes da filhote morrer
Vanessa Araújo, presidente da ONG, e médica veterinária da ONG, Vivian Dota, antes da filhote morrer

Um homem de 27 anos foi preso neste final de semana, em Bauru, acusado de maus-tratos e abuso de animal e violência doméstica contra a esposa de seu pai. Ele bateu e enforcou a sua filhote de labrador até o animal ficar desacordado, ter uma lesão no crânio e morrer, consta em boletim de ocorrência. O fato aconteceu no final da noite do sábado (25), na Quinta Ranieri. A morte da fêmea Úrsula foi confirmada nesta segunda-feira (27) pela “ONG Arca da Fé Resgate Animal” e sua veterinária parceira.

Segundo o boletim de ocorrência, residem no mesmo imóvel o indiciado, o pai e a esposa dele. A mulher ficou inconformada com as agressões da filhote, que tinha dois meses de vida, e chamou a Polícia Militar. Segundo ela, o rapaz dizia para o cão: “Você vai sofrer muito e só vai parar de apanhar quando parar de chorar...”.

Ainda de acordo com o registro policial, a mulher também foi agredida por ele e teve móveis de seu quarto danificados pelo fato de ter acionado a PM. Uma equipe chegou ao local, tomou ciência do ocorrido e efetuou a prisão do rapaz. O animal debilitado chegou a ser socorrido, mas não sobreviveu. O JCNET também falou com a vítima, que ficou abalada com o episódio e informou que o indivíduo já foi libertado nesta segunda.

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

5 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Alcides oldani chamorro
    02/12/2023
    Um sujeito desse de ia responder pelo crime que cometeu. Tem gente que por muito.menos é condenado e vai pra prisão. Devia ser preso e continuar preso minha opinião
  • Maria Luciene Oliveira Moreira
    27/11/2023
    A impunidade é o combustível pra esse crime covarde e cruel. Revoltante.
  • Perla
    27/11/2023
    Espero q vá para o inferno. O bichinho era um anjinho e foi pro céu. Essa pessoa vai viver muito... sofrer muito... ficar doente e set chutada. Qdo vejo pessoas em algumas condições me pergunto se não estão assim pois merecem... a maldade com animais e crianças é um crime sem perdão.
  • Seila
    27/11/2023
    Como essa esposa continua casada c um criminoso como esse?! Se separa antes que vc seja a próxima vítima...
  • Fa
    27/11/2023
    Q absurdo. Porque não deixam preso um indivíduo malandro desse. Se faz isso com um ser indefeso. Pode fazer Tb com qualquer pessoa. Esse já tem espaço garantido no inferno. Q crueldade. Q absurdo mesmo. Soltar. Podia fazer o mesmo com ele pra sofrer na pele. Q noticia péssima plena segunda feira. Se pelo menos estivesse preso.