TRAGÉDIA

Polícia: Cobasi salvou PCs e deixou bichos para trás em enchente

Os equipamentos foram para um mezanino que não foi atingido

Por Leandro Vaz | 23/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
São José dos Campos
Da redação

Reprodução

Animais foram encontrados mortos no subsolo da loja
Animais foram encontrados mortos no subsolo da loja

Uma das maiores redes de pet shops do país, a Cobasi, está envolta a uma grande polêmica. De acordo com a Polícia Civil, uma das unidades, em Porto Alegre, ficou alagada e diversos animais morreram porque foram deixados em um subsolo enquanto a água das enchentes que castigaram o Sul, subia. Mas computadores foram retirados pelas equipes. Os equipamentos foram para um mezanino que não foi atingido.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp.

A delegada responsável pelas investigações, Samieh Saleh fez uma vistoria na loja nesta quinta-feira (23). Agentes do Ibama, do Comando Ambiental da Brigada Militar e do Instituto de Perícias acompanharam.

"Identificamos que os computadores, CPUs que estavam nos caixas no subsolo foram retirados e colocados no mezanino. Eles tiveram esse cuidado em retirar os eletrônicos, mas os animais ficaram embaixo", disse a delegada em entrevista ao UOL.

38 corpos, entre peixes, aves e roedores foram retirados nesta quinta. Mas o número pode ser maior. "Estava uma escuridão, fizemos uma busca em uma loja inteira com ajuda de lanternas, cheio de objetos no chão. Bem possivelmente que tenha bem mais", disse.

Uma lista com a quantidade de animais que estava dentro da loja foi pedida a Cobasi.

A gerente da loja, bem como funcionários, já foram ouvidos pela Polícia Civil. A loja fica no Shopping Praia de Belas.

A Cobasi foi procurada pela reportagem do site, mas não respondeu.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.