SUZANÓPOLIS

Dono de supermercado procurado por roubo e receptação de mercadoria é preso

Operação da PM resultou na detenção de indivíduo por posse ilegal de arma e uso de documento falso.

12/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Divulgação/PM

Arma apreendida com dono de supermercado procurado pela Justiça
Arma apreendida com dono de supermercado procurado pela Justiça

Na manhã desta quinta-feira, 11, a Polícia MIlitar de Suzanápolis obteve informações sobre o paradeiro de um indivíduo procurado por uma série de crimes. O suspeito, identificado como Valter Pereira da Silva, de 54 anos, empresário e proprietário de quatro supermercados em Jardinópolis, na região de Ribeirão Preto, estava sendo investigado por suposto envolvimento em roubos de cargas na região e venda de mercadorias furtadas e roubadas em seus estabelecimentos.

Com base em dados obtidos, as equipes policiais realizaram uma operação, utilizando recursos de inteligência e diligências extensivas, culminando na localização do foragido em uma propriedade rural da cidade.

Durante a abordagem, Valter tentou se passar por outra pessoa, apresentando um documento de identidade falso. No entanto, após averiguações, sua verdadeira identidade foi confirmada. Na residência do suspeito, os policiais encontraram uma pistola calibre .380, carregada e pronta para uso, além de munição.

Diante das evidências, Valter foi detido e encaminhado à delegacia local, onde fiou detido por posse ilegal de arma, uso de documento falso e falsidade ideológica. Além disso, os mandados de prisão em aberto foram cumpridos.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.