FUTEBOL

Goleira pega 4 pênaltis e Brasil supera Japão na SheBelieves

No tempo normal, o jogo terminou empato por 1 a 1; gols foram marcados por Cristiane, Brasil, e Tanaka, Japão

10/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Folhapress

@livia_villasboas / CBF

A goleira Lorena brilhou e defendeu quatro pênaltis: um durante o jogo e três nas cobranças
A goleira Lorena brilhou e defendeu quatro pênaltis: um durante o jogo e três nas cobranças

O Brasil faturou o terceiro lugar da Copa SheBelieves, após vencer o Japão nos pênaltis. O jogo foi realizado, nesta tarde, no Estádio Lower.com, em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos. No tempo normal, o jogo terminou empato por 1 a 1. Os gols foram marcados por Cristiane, Brasil, e Tanaka, Japão.

A goleira Lorena brilhou e defendeu quatro pênaltis: um durante o jogo e três nas cobranças. A partida foi um bom teste para as Olimpíadas de Paris, pois as equipes estão no mesmo grupo, que ainda conta com Espanha e Nigéria.

O jogo

  • O Brasil teve muita dificuldade no primeiro tempo para furar a marcação das japonesas, que, mais uma vez, mostraram um jogo organizado e com muita calma por parte das jogadoras.
  • O Japão usou muito a velocidade das atletas e impôs volume de jogo, o que fez a defesa brasileira sofrer para conseguir marcar a subida rápida das adversárias.
  • As brasileiras não conseguiram corresponder, e se mostraram muito mais lentas que as japonesas e com muitos erros nas saídas de bola.
  • No final da primeira etapa, o Japão conseguiu abrir o placar em uma rápida jogada que começou no campo de defesa, refletindo o que foi toda a primeira etapa.
  • No segundo tempo, a seleção voltou sem mudanças e conseguiu segurar mais a bola, na busca pelo empate. Apesar disso, as japonesas se mostraram perigosas quando conseguiam a bola.
  • Lorena foi o principal nome do Brasil e impediu que as japonesas aumentassem a vantagem. Além de um pênalti defendido, a goleira do Grêmio fez mais duas defesas importantes na segunda etapa.
  • Após esse lance, o técnico Arthur Elias realizou quatro substituições, que deram outra cara para o Brasil. Yasmin, que tinha acabado de entrar cobrou o escanteio que permitiu Cristiane marcar seu 117º gol na seleção.
  • Com o empate, a partida foi para os pênaltis. Cristiane, Tarciane e Angelina fizeram para o Brasil, enquanto Lorena defendeu as três cobranças.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.