NESTE DOMINGO

Nove foragidos da Justiça prestam concurso para PM no Rio e acabam presos

Eles tinham mandados de prisão em aberto e participavam da primeira fase, de provas objetivas, do concurso público

08/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Folhapress

PM-RJ

Todos foram levados a delegacias do Rio de Janeiro após o término da prova
Todos foram levados a delegacias do Rio de Janeiro após o término da prova

Foragidos da Justiça, nove candidatos foram presos durante concurso para soldado da Polícia Militar neste domingo (7) no Rio de Janeiro. Eles tinham mandados de prisão em aberto e participavam da primeira fase, de provas objetivas, do concurso público da PM. Todos foram levados a delegacias após o término da prova.

Um deles respondia por homicídio. O crime teria ocorrido em 2016, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense do Rio de Janeiro.

Concurso já foi barrado pelo STF
O ministro Cristiano Zanin, do STF (Supremo Tribunal Federal), deferiu liminar para suspender o andamento do concurso em outubro do ano passado. Em maio de 2023, a PM publicou um edital prevendo 10% das vagas para as mulheres. O STF entendeu que a restrição de vagas para mulheres parecia afrontar princípios constitucionais da igualdade de gênero. Zanin determinou uma audiência de conciliação para que um acordo fosse feito e a prova pudesse continuar.

Em novembro, ficou acordado que o concurso não teria restrições de gênero. A prova, gerida pela FGV (Fundação Getúlio Vargas), pôde ter andamento e começou no último domingo (8).

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.