POLÍTICA

Moraes inclui Musk como investigado no inquérito das milícias digitais

Despacho ordena que X se abstenha de desobedecer qualquer decisão judicial, incluindo reativação de perfis suspensos pelo Supremo, sob pena de multa diária de R$ 100 mil por conta

Por Constança Rezende | 08/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

TSE

O ministro Alexandre de Moraes disse que a medida se justifica pela 'dolosa instrumentalização criminosa' da rede X
O ministro Alexandre de Moraes disse que a medida se justifica pela 'dolosa instrumentalização criminosa' da rede X

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou, na noite deste domingo (7), a inclusão do empresário Elon Musk, dono da rede social X (antigo Twitter), como investigado no inquérito que apura a existência de milícias digitais antidemocráticas e seu financiamento.

O despacho ordena que o X se abstenha de desobedecer qualquer decisão judicial, incluindo a reativação de perfis suspensos pelo Supremo, sob pena de multa diária de R$ 100 mil por conta, além de outras consequências legais. Moraes disse que a medida se justifica pela "dolosa instrumentalização criminosa" da rede, em conexão com os fatos investigados nos inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos.

Além do que apura a atuação de diretores do Google e do Telegram no Brasil em suposta campanha contra o projeto de lei das Fake News e da tentativa de golpe de Estado e de abolição violenta do Estado democrático de Direito. Elon Musk fez uma série de posts ao longo deste fim de semana relacionados ao Brasil. Ele disse que estava "levantando restrições" impostas por decisão judicial de sua rede e defendeu que Moraes deveria renunciar ou sofrer impeachment.

Até o momento, não há indicação quanto a se o X chegou a descumprir alguma ordem. O episódio serviu para inflamar a base bolsonarista nas redes sociais. Sem fazer qualquer referência às últimas declarações de Musk ou a Moraes, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) publicou vídeo de um evento de 2022 em que está ao lado do empresário. Na legenda, escreveu que Musk "é o mito da nossa liberdade".

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Freitas
    08/04/2024
    Que coisa ridícula... Se tivesse uma imagem para ilustrar a palavra prepotência no dicionário, seria a imagem deste ser abjeto. Não sei o que é pior: a pessoa ou os trouxas que defendem.