HOMICÍDIO

Pedreiro é preso após matar homem com golpes de canivete

Polícia Militar prendeu o suspeito no sábado, 2. A vítima estava caída no chão e apresentava várias perfurações. Crime aconteceu em Mirandópolis

Por Priscilla Andrade | 04/12/2023 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução

Polícia Civil vai investigar a motivação do crime e a relação entre os envolvidos
Polícia Civil vai investigar a motivação do crime e a relação entre os envolvidos

Um pedreiro de 35 anos foi preso em flagrante suspeito de matar um homem com golpes de canivete, em Mirandópolis, a 77 km de Araçatuba. O crime aconteceu no sábado, 2.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe foi acionada através de uma denúncia anônima e encontrou a vítima caída no chão. O homem apresentava cerca de 10 perfurações no peito e na barriga. Ele chegou a ser socorrido e levado até o hospital, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos.

Em diligências, a polícia encontrou o suspeito. Ao ser abordado, ele teria confessado o crime. Foi levado até o plantão policial de Andradina, onde permaneceu à disposição da Justiça. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fale com a Folha da Região! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção? Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade Folha da Região/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Araçatuba e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade Folha da Região/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.