MANAUS

Está fazendo falta? Matheus Serafim, ex-Águia, brilha na Série B

Neste sábado, o atleta marcou o seu primeiro gol pelo time manauara, quando abriu o placar no empate por 1 a 1 contra o Paysandu

Por Marcos Eduardo Carvalho | 19/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São José dos Campos

Divulgação/João Normando

Está fazendo falta? Matheus Serafim, ex-Águia, brilha na Série B
Está fazendo falta? Matheus Serafim, ex-Águia, brilha na Série B

O meia-atacante Matheus Serafim, que disputou a Copa Paulista e a Série A-2 do Campeonato Paulista pelo São José, foi emprestado no final do Estadual para o Amazonas, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

Neste sábado, o atleta marcou o seu primeiro gol pelo time manauara, quando abriu o placar no empate por 1 a 1 contra o Paysandu, na Arena Amazonas, em clássico da região Norte. Essa é a primeira vez que o clube de Manaus disputa a Série B, após subir no ano passado.

Matheus Serafim ainda pertence ao São José e está emprestado até o final da Série B. Inclusive, se ele se destacar e for vendido, a Águia do Vale também poderá lucrar com o atleta.

Em 2023, ele foi importante na campanha do vice-campeonato da Copa Paulista, que garantiu a vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. E, na Série A-2 deste ano, Matheus Serafim atuou 1.430 minutos pelo São José, ou seja, foi o atleta que mais jogou neste ano pela Águia.

Sonho realizado

Inclusive, o jogador até já jogou no Maracanã recentemente e realizou um sonho. No jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, viu o Amazonas perder por 1 a 0 para o Flamengo, mas ficando vivo para o jogo de volta.

 "Parecia um sonho jogar naquele estádio, com aquele clima de grande jogo e tudo misturado. Foi emocionante. Mas o foco agora é a partida diante do Ceará, fora de casa, pela Série B. Um passo de cada vez, por favor", disse o atleta, durante a semana, através da assessoria de imprensa.

Sobre a troca do São José pelo Amazonas, que está duas divisões acima no cenário nacional, ele disse não ter pensado duas vezes. “Decidi aceitar o convite pela oportunidade de evolução, o Amazonas é um clube que vem crescendo grandemente no futebol brasileiro, com conquistas relevantes nos últimos anos, mesmo sendo tão jovem. Quando veio a proposta, não pensei duas vezes em vir para cá. Estava ansioso para voltar a jogar um torneio nacional como a Série B, lidar com esse dia a dia de trabalho pensando em, quem sabe, jogar uma Série A no ano que vem. Tudo é possível", afirmou.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.