FURTO

GM prende gangue de mulheres liderada por idosa e que vinha atacando na região

A idosa, líder do bando, tem 20 passagens criminais por furto, a grande maioria por ataques a supermercados

Por Fábio Estevam | 09/12/2023 | Tempo de leitura: 2 min
Polícia

DIVULGAÇÃO

Os produtos encontrados haviam sido furtados de supermercados em Jundiaí e Itatiba
Os produtos encontrados haviam sido furtados de supermercados em Jundiaí e Itatiba

Quatro mulheres de Santo Amaro, em São Paulo, investigadas pela Polícia Civil de cidades da região de Jundiaí - suspeitas de formarem uma quadrilha especializada em furtos de produtos em supermercados -, foram presas nesta semana por guardas municipais, em Itatiba. O bando é liderado por uma idosa, de 60 anos, com quase 20 passagens criminais por furto - a maioria em supermercados -, sendo que alguns dos processos ainda estão em andamento.

A GM recebeu informação de que um carro, possivelmente utilizado por criminosos em furtos de supermercados, estava novamente circulando em Itatiba, após crimes cometidos em quatro oportunidades anteriores. Várias equipes da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), outras divisões especializadas da Guarda e equipes de patrulhamento comunitário passaram a procurar pelo alvo, conseguindo localizá-lo pouco tempo depois.

A bordo havia quatro mulheres que, questionadas, confessaram que estavam na cidade para furtar e que haviam acabado de cometer o crime em um supermercado, após já terem furtado uma unidade de rede atacadista em Jundiaí, poucas horas antes.

No carro foram encontrados vários produtos, furtados nos dois supermercados (Jundiaí e Itatiba), razão pela qual os GMs fizeram contato com a Guarda de Jundiaí, para que enviasse uma equipe até o estabelecimento da cidade - o gerente das duas lojas reconheceram os produtos encontrados com o bando.

De acordo com guardas da ocorrência em Itatiba, faz bastante tempo que essa quadrilha vem atacando em supermercados desta região. "A forma de ação delas é a seguinte; uma delas fica próximo aos seguranças, vigiando suas ações, enquanto que as outras, com bolsas, entram e furtam produtos. Caso os seguranças percebam ou sejam avisados da ação criminosa, e iniciem uma tentativa de flagrá-las e pegá-las, essa mulher que esta de olho avisa as demais. Com os produtos já nas bolsas, elas deixam o local e vão para um carro, onde uma delas já aguarda para a fuga", disse o guarda. "No carro delas também foram encontrados diversos preservativos, que elas informaram que usavam para colocar produtos com cheiro forte, para impedir que esse cheiro fosse sentido, alegando que a 'camisinha' ajuda a isolar o odor".

O bando é liderado por uma idosa, de 60 anos, com histórico criminal gigantesco - as demais, todas também já têm passagens. O bando, inclusive, já havia sido preso em Jundiaí, em abril deste ano, mas todas foram soltas e se juntaram para continuar furtando.

Elas foram conduzidas à delegacia, onde foram presas em flagrante, sendo encaminhadas à cadeia pública de Itupeva e ficaram à disposição da Justiça.

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Anônimo
    10/12/2023
    Qd a gente vê uma história dessa, nos faz entender que o legislativo está tomado e por isso, não mudam as leis pra que possamos viver c mais tranquilidade. Muda Brasil! Limpas nas facções!