A 'PASSEIO'!

Em visita a Jundiaí, idoso é preso por GMs após três dias furtando mulheres no Centro

Ele contou que veio de Curitiba a 'passeio' e que se hospedou em um hotel no Centro, área da cidade escolhida por ele para praticar os crimes

Por Fábio Estevam | 08/12/2023 | Tempo de leitura: 2 min
Polícia

DIVULGAÇÃO

Tudo o que ele havia furtado estava em duas malas guardadas na rodoviária a cidade
Tudo o que ele havia furtado estava em duas malas guardadas na rodoviária a cidade

Guardas municipais de Operações com Cães prenderam na tarde desta quinta-feira (7), na avenida 9 de Julho, em Jundiaí, um idoso de 60 anos, suspeito de praticar vários furtos na cidade, tendo as mulheres como alvo principal. Ao ser preso, o homem chegou a parabenizar os GMs por prendê-lo, informando que pratica esse tipo de crime há muitos anos e nunca havia sido pego. Ele também contou que está em Jundiaí há três dias, hospedado em um hotel no Centro, área escolhida por ele para cometer os crimes. Foram recuperados vários produtos como roupas, cartões celulares e dinheiro.

Duas equipes, formadas pelos guardas Patriota, Malkowski, Ícaro, Ferreira e Gonçalo, supervisionados pelo subinspetor Cristiano, faziam patrulhamento pela 9 de Julho, próximo à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), quando suspeitaram de um homem caminhando. Feita a abordagem, os agentes encontraram com ele um cartão bancário em nome de outra pessoa, que ele prontamente confessou ter furtado e que estava usando para fazer compras pelo sistema de 'aproximação'.

Durante a conversa ele também contou que é de Curitiba, e que chegou em Jundiaí há três dias, se hospedando em um hotel no Centro, ficando exatamente na área escolhida por ele para praticar os furtos. "Ele contou que cometia os furtos dentro de lojas e que visava mulheres com bolsa. Disse que abria as bolsas sem a vítima perceber e furtava celulares, dinheiro e cartões bancários", falou Cristiano, que completou. "Falou, também, que horas antes havia furtado uma senhora, levando dela o cartão de bancário, o qual utilizou para comprar R$ 891 em mercadorias (eletrônico, cosméticos e roupas)".

O idoso também contou que estava surpreso por estar sendo preso pela primeira vez após décadas cometendo crimes, e acabou confessando que em um armário de guarda-volumes na rodoviária, havia duas malas com mercadorias furtadas. Os agentes foram até o local e encontraram as malas, com várias peças de roupas com etiquetas, sete celulares, vários carregadores, ventiladores e R$ 1.445 - o dinheiro, segundo ele, é oriundo da venda de produtos furtados.

Suspeitando de que ele também pudesse estar escondendo produtos furtados, no hotel onde estava hospedado, os guardas foram até o local. "Mas não encontramos nada, ele já havia saído do quarto", falou o subinspetor.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi conduzido à Central de Flagrantes, onde compareceram algumas de suas vítimas, sendo ele então preso em flagrante por furto e estelionato - após isso ele foi levado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde ficou aguardando para ser submetido à audiência de custódia.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.