JUSTIÇA

Invasão ao BB que matou vigilante em Franca completa 1 mês; 'espero justiça de Deus'

'Não estamos nos conformando com o que aconteceu e esperamos justiça, mesmo que não seja a da Terra, mas a justiça de Deus', diz a viúva do vigilante morto com tiro na cabeça.

Por Igor Araújo | 10/11/2023 | Tempo de leitura: 3 min
da Redação

Rede social

Adriano Costa com a viúva, Lêda: vigilante foi morto com um tiro na cabeça, e quatros homens são acusados do crime
Adriano Costa com a viúva, Lêda: vigilante foi morto com um tiro na cabeça, e quatros homens são acusados do crime

Completa nesta sexta-feira,10, um mês da invasão ao Banco do Brasil na Vila Aparecida, zona Leste de Franca.

A ação de quatro homens que planejavam assaltar a agência acabou tirando a vida do vigilante Adriano Costa, de 49 anos, que fazia uma inspeção no local quando se deparou com os bandidos e acabou levando um tiro na cabeça. Adriano Costa morreu na hora.

Um segundo vigilante também foi alvejado, sendo salvo pelo colete balístico. Após os disparos, os bandidos fugiram pelo telhado e conseguiram escapar.

Na noite do mesmo dia 10 de outubro, um dos suspeitos foi capturado pela Polícia e preso. João Paulo de Barros Carvalho do Carmo, de 31 anos, foi encontrado na rua Minas Gerais, que fica atrás da agência invadida. Ele foi levado para a CPJ (Central de Polícia Judiciária de Franca) e teve sua prisão preventiva decretada no dia seguinte, 11 de outubro.

Na semana seguinte após o crime, a  DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Franca identificou e pediu à Justiça a prisão preventiva de outros três suspeitos: Deivid Roberto Alves Marcelo, de 35 anos, Cleiton Lemos de Santana, 39 anos, e João Paulo de Castro Ferreira, 40 anos.

Na segunda-feira, 30, Deivid Roberto Alves Marcelo, de 35 anos, se entregou à Polícia e permaneceu calado. Ele teve a prisão preventiva decretada.

Foragidos
Dois suspeitos ainda estão foragidos pela Justiça: Cleiton Lemos de Santana, 39 anos, e João Paulo de Castro Ferreira, 40 anos. Segundo a DIG (Delegacia de investigações Gerais) de Franca, não há dúvidas sobre a participação dos quatro acusados no dia do crime.

O foragido João Paulo de Castro Ferreira, 40 anos, é um ex-jogador de futebol que mora em Franca e é bem conhecido na cidade. Já atuou por vários clubes do estado de São Paulo, tendo iniciado a carreira no Palmeiras. Ele também foi treinado pelo atual técnico da Seleção Brasileira, Fernando Diniz, no início da carreira, no Votoraty da cidade de Votorantim, entre o ano de 2009 e 2010.

João Paulo está foragido desde a semana seguinte do crime, quando foi pedida a sua a prisão preventiva. Outro suspeito foragido é da região da Baixada Santista: Cleiton Lemos de Santana, 39 anos, continua foragido.

De acordo com o responsável da DIG, o delegado Márcio Murari, as investigações continuam para tentar capturar os suspeitos ainda foragidos.

Viúva
O crime, ainda não totalmente solucionado, deixa dúvidas e angústia para a família de Adriano. Lêda Costa, a viúva, ainda tenta compreender a dor e o vazio deixados pela perda repentina do marido. Ela compartilhou com a nossa reportagem no mês de outubro o que tem enfrentado desde a violenta e trágica morte do marido:

Dor
"Está sendo muito difícil. Nós não estamos nos conformando com o que aconteceu e esperamos justiça, mesmo que não seja a justiça da Terra, mas a justiça de Deus."

Filhas
"Tenho uma filha de 10 e uma de 16 anos. Elas choram, choram sem parar a falta do pai, que era tudo pra elas. Hoje vou fazer papel de pai e mãe. Está sendo muito difícil para a gente, para toda a família."

João Paulo de Castro Ferreira está foragido. Ele é um dos acusados da invasão e tentativa de roubo a agência do Banco do brasil
João Paulo de Castro Ferreira está foragido. Ele é um dos acusados da invasão e tentativa de roubo a agência do Banco do brasil
Adriano Costa deixou sua esposa e duas filhas
Adriano Costa deixou sua esposa e duas filhas

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.