Polícia ocupa ‘puxa-faca’ para conter criminalidade

A Polícia Civil de Franca decidiu sair às ruas da cidade para mostrar força e tentar conter a criminalidade.

08/04/2006 | Tempo de leitura: 1 min

O investigador Lucas conduz para o camburão suspeita de vender drogas nas ruas do bairro: polícia vistoriou casas em busca de entorpecentes, de armas e de produtos ilícitos
O investigador Lucas conduz para o camburão suspeita de vender drogas nas ruas do bairro: polícia vistoriou casas em busca de entorpecentes, de armas e de produtos ilícitos
A Polícia Civil de Franca decidiu sair às ruas da cidade para mostrar força e tentar conter a criminalidade. A alternativa encontrada foi mapear as áreas mais violentas e deflagrar operações direcionadas com o objetivo de prender bandidos e encontrar drogas, armas e objetos ilícitos. Na madrugada de ontem, a varredura foi feita na Vila Gosuen, bairro de elevado índice de tráfico de entorpecentes. Nos últimos dias, a polícia vinha recebendo diversas denúncias de que traficantes estavam agindo livremente nas ruas do bairro. Munidos de mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça, os policiais decidiram vistoriar casas de indivíduos suspeitos. A operação começou às 6 horas e teve como alvo imóveis situados nas Avenidas Dom Pedro e William Azzuz, no local popularmente conhecido por “puxa-faca” em alusão ao alto número de ocorrências. Os policiais descobriram, em uma viela, uma casa desabitada que funcionava como uma espécie de “escritório” de compra e venda de drogas. Não havia móveis, apenas um sofá velho e uma mesa na sala onde eram feitos os negócios escusos ligados ao tráfico. No quintal, garrafas de cerveja e um barril vazio de chope denunciavam que desconhecidos fizeram uma comemoração recentemente no local. “Apuramos que um olheiro se encarregava de ficar na entrada da viela monitorando a movimentação policial. Ao avistar viaturas ou a chegada de pessoas estranhas, ele dava o sinal para que os traficantes e usuários fugissem e escondessem a droga”, contou o delegado Wanir José da Silveira Júnior. Durante a batida, a polícia deteve duas pessoas para averiguar possível envolvimento com o tráfico, apreendeu uma porção de droga e uma motoneta suspeita de ser furtada. “Essa varredura também será realizada em outros bairros problemáticos da cidade”, finalizou Wanir.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.