LUTO

Astrônomo de Campinas, Júlio Lobo morre aos 64 anos

Júlio Lobo morreu no começo da noite de domingo, 26, aos 64 anos, após um problema no pulmão.

Por Thiago Rovêdo | 27/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Especial para Sampi Campinas

Arquivo Pessoal

Júlio Lobo morreu no começo da noite de domingo
Júlio Lobo morreu no começo da noite de domingo

O astrônomo e "caçador de meteoros", Júlio Lobo morreu no começo da noite de domingo, 26, aos 64 anos, após um problema no pulmão. Ele atuou 47 anos no Observatório Municipal de Campinas Jean Nicolini. Ele deixou esposa e três filhos.

Clique aqui para fazer parte da comunidade do Portal Sampi Campinas no WhatsApp e receber notícias em primeira mão.

Segundo informou a família, Júlio, que morava próximo ao Shopping Dom Pedro, passou mal por volta das 11h30 e foi levado ao hospital. Logo depois das 18h, ele não resistiu e veio a óbito. A causa da morte, segundo sua família, foi um tromboembolismo pulmonar.

"Em nome da família Aguilera Lobo, agradecemos todas as mensagens de carinho e conforto com relação a passagem do meu pai", disse uma nota publicada no Instagram. O velório está marcado para começar 12h no Cemitério da Saudade e o enterro será 15h.

Júlio Lobo integrava o seleto grupo de "caçadores de meteoros", rede de astrônomos amadores e profissionais que se ocupam de estudar os fenômenos estelares. Atuou no Observatório Jean Nicolini desde os 17 anos.

Começou como estagiário em 1977, mesmo ano de inauguração do local, então denominado Estação Astronômica de Campinas. Esse foi o primeiro Observatório municipal do Brasil, além de ser pioneiro na oferta de ação educativa regular.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.