ECONOMIA

Senado suspende por três anos pagamento da dívida do RS

Pelo projeto, o estado deverá usar cerca de R$ 11 bilhões na reconstrução das cidades atingidas pelas fortes chuvas.

Por Hérica Christian | 15/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Agência Senado

Reprodução/Governo do Rio Grande do Sul Gustavo Mansur

Projeto vai beneficiar qualquer estado ou município que tiver decretado estado de calamidade pública.
Projeto vai beneficiar qualquer estado ou município que tiver decretado estado de calamidade pública.

O Plenário do Senado aprovou o projeto de lei complementar (PLP 85/2024) que suspende por três anos o pagamento da dívida do Rio Grande do Sul com a União. Nesse período, não haverá cobrança de juros.

Leia também: Leite diz que RS vai precisar de R$ 19 bi para reconstrução

Pelo projeto, o estado deverá usar cerca de R$ 11 bilhões na reconstrução das cidades atingidas pelas fortes chuvas, após apresentar um plano de ações e prestar contas dos valores gastos.

O líder do governo no Congresso Nacional, senador Randolfe Rodrigues (s/Partido-AP), explicou que o projeto vai beneficiar qualquer estado ou município que tiver decretado estado de calamidade pública.

Já o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, destacou as ações adotadas pelos três Poderes para ajudar o povo gaúcho, a exemplo da liberação de R$ 12,2 bilhões por meio de uma medida provisória (MP 1.216/2024) editada na semana passada.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.