CASSAÇÃO

TRE-PR suspende julgamento de Moro após pedido de vista

As ações acusam Moro de abuso de poder econômico, uso indevido de meios de comunicação e caixa dois durante a campanha eleitoral de 2022.

03/04/2024 | Tempo de leitura: < 1 min
da Redação

Reprodução/Marcelo Camargo/Age?ncia Brasil

“A existência do abuso é patente', afirmou desembargador.
“A existência do abuso é patente', afirmou desembargador.

O julgamento de duas ações contra Sergio Moro (União Brasil-PR) foi suspenso novamente no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR), nesta tarde de quarta-feira (3).

Leia tambémDecisão final sobre cassação de Moro deve ir ao TSE

O desembargador José Rodrigo Sade votou pela cassação e inelegibilidade de Moro, enquanto a desembargadora Claudia Cristofani pediu vista do processo.

O presidente do tribunal espera concluir a análise na próxima segunda-feira (8). As ações acusam Moro de abuso de poder econômico, uso indevido de meios de comunicação e caixa dois durante a campanha eleitoral de 2022.

Assista ao vivo:

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.