OPINIÃO

Dia do Assistente Social - 15 de Maio

Por Lilia Christina de Oliveira | 15/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min

A autora é professora doutora coordenadora e professora do Curso de Serviço Social da Instituição Toledo de Ensino (ITE)

Em Bauru, há 60 anos o assistente social é formado pela Instituição Toledo de Ensino (ITE). No dia 15 de maio, comemora-se, no Brasil, o Dia do Assistente Social, data que marca a regulamentação da profissão e que tem grande significado e importância na função social exercida por todos os profissionais desta área.

O papel do assistente social é fundamental para a construção de uma ordem social, política e econômica para a busca da diminuição das desigualdades sociais. Pela própria natureza da profissão, os assistentes sociais enfrentam o lado mais cruel da vida, trabalhando com os indivíduos chamados de "vulneráveis sociais".

Os assistentes sociais são peças fundamentais para o desenvolvimento social do País, onde homens e mulheres que se dedicam à profissão são chamados para protagonizar a luta por uma sociedade mais justa, mais humana e mais igualitária.

A luta por garantia de direitos sociais exige dos assistentes sociais estudos e dedicação no atendimento de tais direitos.

A Constituição Federal Brasileira de 1988, a nossa "Constituição Cidadã", estabeleceu com clareza os direitos dos cidadãos e impôs, como valores principais da nossa sociedade, a igualdade, a inclusão, o respeito às diferenças e a proteção da população em situação de vulnerabilidade e, neste contexto, os assistentes sociais tornaram-se imprescindíveis para a transformação das múltiplas realidades sociais do País, bem como para a formulação, execução e avaliação de programas e projetos sociais das várias políticas públicas. O profissional de Serviço Social trabalha com as diferentes expressões da questão social e se atém às suas atribuições e competências somando com a equipe profissional, seja em qual política que se estabeleça.

A maioria da categoria trabalha em contato direto com a população nos equipamentos públicos e privados, envolve-se com as ações dos Centros de Referência da Assistência Social, dos Centros de Referências Especializados desta política, com os postos de saúde, hospitais, organizações empresariais, sem citar as demais políticas de atenção do Estado, reforçando a importância do trabalho do assistente social em situação de emergência.

Os assistentes sociais têm se colocado como agentes facilitadores na luta pelos direitos sociais, especialmente da classe trabalhadora.

Diz-se que os assistentes sociais são o "coração" de um município. É através desses profissionais que todas as necessidades sociais são absorvidas e, tendo tudo isso no horizonte, a Instituição Toledo de Ensino abraçou o Curso de Serviço Social, colocou professores competentes, titulados, estudiosos para formação do assistente social e hoje, a ITE, juntamente com a Curso de Serviço Social, parabeniza os assistentes sociais comprometidos com a efetivação e garantia dos direitos em defesa da equidade e da justiça social.

Parabéns aos assistentes sociais.

Receba as notícias mais relevantes de Bauru e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.