ONDE ESTÁ LETÍCIA?

‘Estamos em desespero’: pai faz aniversário e pede volta da filha desaparecida no Vale

Letícia Vieira Ventura está desaparecida desde o dia 20 de março

Por Xandu Alves | 03/04/2024 | Tempo de leitura: 3 min
São José dos Campos

Reprodução / Redes Sociais

Letícia Vieira Ventura
Letícia Vieira Ventura

O pai da jovem Letícia Vieira Ventura, 22 anos, que está desaparecida desde o dia 20 de março, em Ubatuba, faz aniversário nesta quarta-feira (3) e tudo o que ele quer é ganhar de presente a notícia de que a filha está bem e que foi encontrada.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp.

“É muito difícil para um pai não saber o que aconteceu. Há gente maldosa espalhando mentiras e muito boato. A polícia está investigando, mas não temos nenhuma resposta concreta. Estamos em desespero”, disse Leandro, pai da desaparecida.

Letícia foi de moto na casa de uma amiga, na tarde de 20 de março, por volta de 16h. A amiga emprestou um capacete para Letícia quando ela deixou a residência, no final da tarde. Por volta de 20h, a amiga mandou mensagens para Letícia pelo celular, que não foram respondidas.

MOTO.

Na quinta-feira (21), a amiga viu uma postagem na internet de que uma moto havia sido encontrada na Praia Vermelha, em Ubatuba, com a chave na ignição e sem vestígio de ocupantes ou sinais de violência.

A jovem reconheceu como sendo a moto de Letícia, em razão de um adesivo da Barbie colocado no veículo. A amiga acionou a Polícia Militar e levou a moto para casa, para evitar que fosse apreendida. Capacete, celular e a bolsa de Letícia não foram encontrados.

Policiais militares fizeram buscas perto do local onde a moto foi encontrada, mas nenhum vestígio de Letícia foi localizado. O caso segue em investigação.

INVESTIGAÇÃO.

Segundo o pai, a polícia vai pedir a quebra de sigilo do celular de Letícia para procurar pistas sobre o desaparecimento dela, além de procurar imagens de câmeras de segurança. A moto também foi apreendida para passar por perícia.

“Estamos na angústia e na expectativa de aguardar esse processo. O tempo vai passando e estamos desesperados para encontrá-la, rezando para encontrá-la bem”, afirmou Leandro.

“A moto foi levada para a perícia para ver se há digitais e estão levantando câmeras de vigilância. A gente está de mãos atadas e à mercê da polícia achar alguma coisa.”

Uma tia de Letícia contou que os pais da moça já sofreram uma tentativa de extorsão por meio de um falso sequestro.

“Teve um trote e os pais entraram em desespero. Um suposto sequestrador ligou, mas era um golpe. Ele pediu para mandar dinheiro por pix e disse que mandaria um vídeo da Letícia morta. Quando dissemos que íamos levar o dinheiro até ele, desligou.”

Letícia tem os pais, uma irmã por parte de pai e dois irmãos por parte de mãe. Ela é solteira e havia feito recentemente um tratamento estético no rosto, o que a havia deixado muito feliz. Ela trabalhava fazendo bicos em supermercados e arrumava cílios em casa.

“Estamos tentando mobilizar as redes sociais e a mídia para ver se conseguimos apoio para encontrá-la. Se ela perdeu a vida por alguma coisa, queremos descobrir o corpo para acabar com essa angústia e dar um enterro digno. Sabemos de casos parecidos e essa espera sem informações é angustiante. Queremos confortar a família”, disse a familiar.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.