FLAGRANTE

Homem é preso suspeito de bater na namorada, de 17 anos, e nos pais dela

No Plantão Policial, foi descoberto que o suspeito já tem histórico de agressão a mulher; o caso será investigado pela DDM

Por Fábio Estevam | 23/11/2023 | Tempo de leitura: 1 min
Polícia

DIVULGAÇÃO

Equipes da Romu e de Supervisão prenderam o homem, que tem 19 anos
Equipes da Romu e de Supervisão prenderam o homem, que tem 19 anos

Um homem de 19 anos, suspeito de agredir a namorada, de 17, e também familiares dela - que tentaram defendê-la -, foi preso por guardas municipais da Ronda Ostensiva Municipal (Romu), em Itatiba. O caso aconteceu no último fim de semana, mas foi divulgado somente nesta quinta-feira (23), em apuração do Jornal de Jundiaí. Em meio à confusão, inclusive, a mãe da jovem chegou a levar uma martelada na cabeça.

A GM foi solicitada via telefone de emergência para atender a uma ocorrência de violência doméstica no bairro Centenário e, para o local, enviou a equipe formada pelos agentes Zarantonello, Carneiro e Jeferson - com apoio de equipe de Supervisão, com os GMs Rodrigues, Matos e Soares.

No local, os agentes se depararam com um tumulto familiar e, após apaziguarem a situação, começaram as abordagens e questionamentos, apurando que uma adolescente de 17 anos havia sido agredida pelo namorado de 19. Para cessar as agressões, a mãe e o padrasto tentaram defender a menina e também acabaram sendo agredidos. Durante a confusão generalizada, uma criança de 12 anos e um adolescente de 15, familiares da vítima, também ficaram feridas - a mãe, inclusive, acabou sendo atingida por uma martelada na cabeça, provocando um corte. Porém, não foi possível apurar se esse golpe partiu do namorado da filha dela.

Todos foram socorridos ao hospital da cidade e passaram por atendimento médico, sendo liberados posteriormente para registro da ocorrência no Plantão Policial, onde o namorado - que havia sido preso em flagrante -, teve a prisão ratificada pelo delegado plantonista por violência doméstica.

Durante averiguação,, foi descoberto que o namorado suspeito das agressões já tinha histórico de violência doméstica, inclusive com denúncia feita anteriormente pela namorada.

Ele foi levado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista e ficou à disposição da Justiça.

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Gil
    25/11/2023
    Tão novo e tão sem noção, se achando dono da mulher... ê educação falha! Homens embustes e doentes.