ANGÚSTIA

ANGÚSTIA

Mulher de 58 anos sofre AVC e espera vaga no Pronto-Socorro há quatro dias

Mulher de 58 anos sofre AVC e espera vaga no Pronto-Socorro há quatro dias

Tia relata que os profissionais do Álvaro Azzuz teriam afirmado que puseram sonda nela 'porque a vaga na Santa Casa vai demorar'; quadro de saúde preocupa a família.

Tia relata que os profissionais do Álvaro Azzuz teriam afirmado que puseram sonda nela 'porque a vaga na Santa Casa vai demorar'; quadro de saúde preocupa a família.

Por Hevertom Talles | 4 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Hevertom Talles
da Redação

4 dias atrás - Tempo de leitura: 1 min

Reprodução

Vita da Graça Patrocínio Bagagine, de 58 anos, sofreu um AVC e precisa de transferência para fazer tomografia

Vita da Graça Patrocínio Bagagine, de 58 anos, procurou atendimento médico e foi internada no Pronto-Socorro Dr. Álvaro Azzuz, em Franca, após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), na sexta-feira, 19.

A mulher, que também tem esquizofrenia, precisa de fazer um exame urgente de tomografia, mas a liberação da vaga pelo Sistema Informatizado de Regulação do Estado de São Paulo (Siresp) ainda não se deu. A espera chega a quatro dias.

A tia Jane Moura acompanha o sofrimento de Vita. Ela relata que os profissionais do Pronto-Socorro teriam afirmado que puseram a sonda nela "porque a vaga na Santa Casa vai demorar”.

O quadro de saúde da mulher preocupa, já que ela também sofre de outros problemas de saúde.

Outro lado
A Prefeitura de Franca, através de Secretaria de Saúde, informou em nota que a paciente está sendo assistida pela equipe médica e que foi inserida no sistema de regulação de vaga de reponsabilidade do Governo Estado de São Paulo.

A Secretaria de Saúde do Governo Estadual foi procurada, em nota, relatou a mesma informação que a prefeitura, que a paciente foi inserida no sistema de liberação de vagas, "seguindo ordem clínica e cronológica, para internação clínica e avaliação com neurologista", afirmou a Secretaria.

Vita da Graça Patrocínio Bagagine, de 58 anos, procurou atendimento médico e foi internada no Pronto-Socorro Dr. Álvaro Azzuz, em Franca, após sofrer um AVC (Acidente Vascular Cerebral), na sexta-feira, 19.

A mulher, que também tem esquizofrenia, precisa de fazer um exame urgente de tomografia, mas a liberação da vaga pelo Sistema Informatizado de Regulação do Estado de São Paulo (Siresp) ainda não se deu. A espera chega a quatro dias.

A tia Jane Moura acompanha o sofrimento de Vita. Ela relata que os profissionais do Pronto-Socorro teriam afirmado que puseram a sonda nela "porque a vaga na Santa Casa vai demorar”.

O quadro de saúde da mulher preocupa, já que ela também sofre de outros problemas de saúde.

Outro lado
A Prefeitura de Franca, através de Secretaria de Saúde, informou em nota que a paciente está sendo assistida pela equipe médica e que foi inserida no sistema de regulação de vaga de reponsabilidade do Governo Estado de São Paulo.

A Secretaria de Saúde do Governo Estadual foi procurada, em nota, relatou a mesma informação que a prefeitura, que a paciente foi inserida no sistema de liberação de vagas, "seguindo ordem clínica e cronológica, para internação clínica e avaliação com neurologista", afirmou a Secretaria.

2 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • Antonio
    4 dias atrás
    todo político é responsável pelo sofrimento que causa, a justiça dos homens pode não chegar, mas a de Deus é certa.
  • Absurdo
    4 dias atrás
    Mais um dos vários casos absurdos que o estado de são Paulo ignora. Esse é um se for nas unidades de emergência verão vários. Cuidado com quem votam, deixem de ter políticos de estimação.