Um portal afiliado à rede

Um portal afiliado à rede

07 de dezembro de 2022

FILA POR VAGA

FILA POR VAGA

Homem espera mais de 48 horas por transferência para Santa Casa de Franca

Homem espera mais de 48 horas por transferência para Santa Casa de Franca

Idoso de 76 anos permaneceu na UPA do Aeroporto da madrugada de 5ª feira até a manhã deste sábado à espera de vaga para tratamento nos pulmões com água.

Idoso de 76 anos permaneceu na UPA do Aeroporto da madrugada de 5ª feira até a manhã deste sábado à espera de vaga para tratamento nos pulmões com água.

Por Gabriel Garcia | 24/09/2022 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Por Gabriel Garcia
da Redação

24/09/2022 - Tempo de leitura: 1 min

Reprodução/WhatsApp

Raul Pessani Rodrigues, 76 anos, passou mais de 48 horas à espera de vaga na Santa Casa

Mais uma família francana passou por drama na rede de saúde pública da cidade. Raul Pessani Rodrigues, de 76 anos, deu entrada na UPA do Aeroporto I após passar mal na madrugada de quinta-feira, 22. Foi constatado que o paciente estava com água nos pulmões, e ficou na fila de espera por vaga na Santa Casa de Franca para receber o devido atendimento por mais de 48 horas.

Ela explica que o pai foi acompanhado pela esposa, Glória, e o vizinho ao qual pediram ajuda para ir até a UPA. “Ele chegou aqui às 4 horas da madrugada na quinta-feira, e não resolveram nada esse tempo todo”, afirmou Eliana Rodrigues, filha de Raul, pouco antes de sair a transferência.

Somente na manhã deste sábado, 24, por volta das 11h30, Raul conseguiu a confirmação de vaga no hospital. “Para um idoso de 76 anos esperar mais de 24 horas por uma transferência para um procedimento que tem que ser feito o mais rápido para mais chances de melhora, é um absurdo”, disse ela.

Raul agora passará por um processo de drenagem para retirar o líquido do pulmão. “O atendimento foi muito bom, os médicos, enfermeiros, todo mundo, muito atenciosos. Mas chegou num ponto em que eles não podem fazer nada. Ele é um senhor, tem outros problemas, isso é um risco para saúde”, disse, a filha, irritada, enquanto esperava por uma solução.

Eliana diz que além do pai, outros pacientes aguardam por vagas de internação ou atendimento em outras unidades de saúde. “Eles dizem que está lotado, tudo lotado", finaliza.

Mais uma família francana passou por drama na rede de saúde pública da cidade. Raul Pessani Rodrigues, de 76 anos, deu entrada na UPA do Aeroporto I após passar mal na madrugada de quinta-feira, 22. Foi constatado que o paciente estava com água nos pulmões, e ficou na fila de espera por vaga na Santa Casa de Franca para receber o devido atendimento por mais de 48 horas.

Ela explica que o pai foi acompanhado pela esposa, Glória, e o vizinho ao qual pediram ajuda para ir até a UPA. “Ele chegou aqui às 4 horas da madrugada na quinta-feira, e não resolveram nada esse tempo todo”, afirmou Eliana Rodrigues, filha de Raul, pouco antes de sair a transferência.

Somente na manhã deste sábado, 24, por volta das 11h30, Raul conseguiu a confirmação de vaga no hospital. “Para um idoso de 76 anos esperar mais de 24 horas por uma transferência para um procedimento que tem que ser feito o mais rápido para mais chances de melhora, é um absurdo”, disse ela.

Raul agora passará por um processo de drenagem para retirar o líquido do pulmão. “O atendimento foi muito bom, os médicos, enfermeiros, todo mundo, muito atenciosos. Mas chegou num ponto em que eles não podem fazer nada. Ele é um senhor, tem outros problemas, isso é um risco para saúde”, disse, a filha, irritada, enquanto esperava por uma solução.

Eliana diz que além do pai, outros pacientes aguardam por vagas de internação ou atendimento em outras unidades de saúde. “Eles dizem que está lotado, tudo lotado", finaliza.

1 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.

  • 26/09/2022
    Podia passar a administração da Santa Casa para a Prefeitura, já que a história é sempre a mesma: Todo mundo fala que enquanto tá no pronto socorro o paciente é muito bem atendido, fazem tudo que podem, etc, aí vai para o estado (Santa Casa) o negócio desanda tudo.