Candidatos em rotina de campanha

Comícios, visitas, caminhadas, viagens e muita, muita conversa. Faltando pouco mais de dois meses para as eleições, os candidatos da região começam a entrar em rotin

30/07/2006 | Tempo de leitura: 2 min

Gilmar Dominici inaugurou seu comitê político e, na noite de ontem, abriu oficialmente sua campanha em uma espécie de “comício de salão” na sede da Associação dos Empregados do Comércio
Gilmar Dominici inaugurou seu comitê político e, na noite de ontem, abriu oficialmente sua campanha em uma espécie de “comício de salão” na sede da Associação dos Empregados do Comércio
Comícios, visitas, caminhadas, viagens e muita, muita conversa. Faltando pouco mais de dois meses para as eleições, os candidatos da região começam a entrar em rotina de campanha eleitoral. Médicos deixam pacientes, delegados se afastam, todos têm um só objetivo: angariar votos. Oficialmente, as campanhas começaram no dia 1º de julho. Por enquanto, o ritmo na região de Franca ainda é lento, mas os candidatos se preparam para acelerar. O médico Marco Aurélio Ubiali (PSB), candidato a deputado federal, já restringiu o número de consultas. Apenas duas vezes por semana recebe pacientes em seu consultório. A partir do dia 15, pára tudo. “Um médico amigo meu ocupa meu lugar e fico apenas por conta da campanha”, disse. O ex-prefeito e candidato a deputado federal Gilmar Dominici (PT) também focou todas as suas energias na campanha. Desde o ano passado se dedica a costurar alianças na região para garantir os mais de cem mil votos de que precisa. Na última semana, o petista inaugurou seu comitê e ontem fez o lançamento oficial da sua campanha (leia mais nesta página). “Agora aceleramos o ritmo da campanha”, disse. Nos próximos dias ele fará visitas às prefeituras de Rifaina, São Carlos e Olímpia. Os candidatos do PV, José Chiachiri Filho (deputado federal) e Evaldo Doin (deputado estadual), terão tempo de sobra para se dedicar à caça de votos. Desde que deixou o trabalho no Arquivo Histórico Municipal, no final do ano passado, Chiachiri está aposentado. Evaldo Doin, professor na Unesp (Universidade Estadual Paulista) está afastado do cargo e só pensa em campanha. “Vamos focar 80% de nossa campanha em Franca. O restante de tempo estaremos levando as propostas para a região “, disse o candidato. Paulo Afonso Ribeiro, candidato a deputado estadual pelo PT, afastou-se da presidência do sindicato dos sapateiros, mas, por enquanto, sua prioridade é outra eleição, a que escolherá a nova diretoria da entidade. Até o dia 9 de agosto, ele luta em busca de votos do setor. “Minha campanha para a Assembléia começa após as eleições do sindicato. Aí sim, vou me dedicar a isso”, disse Afonso. EM TRABALHO Mas não são todos os candidatos que poderão se dedicar exclusivamente às campanhas eleitorais. O deputado Gilson de Souza (PFL), que normalmente fica de quatro a cinco dias por semana em São Paulo, reduzirá suas viagens à capital, mas não pode ficar longe muito tempo da Assembléia Legislativa. “Vou reduzir minhas viagens, mas participar normalmente das discussões”, disse. O vereador Marcelo Caleiro (PMDB), que também disputará uma cadeira na Assembléia, se afastou do Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), mas continua seu trabalho na Câmara. Caso a campanha exija, ele pode mudar de idéia. “Se houver necessidade, me afasto”, disse ao lembrar que, ao se afastar, deixa de receber salário. Roberto Engler, deputado estadual pelo PSDB, não atendeu a reportagem para comentar o assunto.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.