Sapateiro bate bicicleta e tem cabeça presa em grade

O sapateiro Maicom Alves Dionísio, 20, morador do Parque do Horto, foi vítima de um incrível acidente de trânsito ontem. Ele perdeu o controle da bicicleta, bateu violentame

09/03/2006 | Tempo de leitura: 1 min

O sapateiro Maicom Alves Dionísio, 20, morador do Parque do Horto, foi vítima de um incrível acidente de trânsito ontem. Ele perdeu o controle da bicicleta, bateu violentamente no portão de um desmanche e ficou com a cabeça presa entre as grades. Gravemente ferido, foi levado inconsciente à Santa Casa. A fatalidade ocorreu por volta de 6h50 nas proximidades do Pronto-Socorro “Doutor Janjão”. Como faz todos os dias, Maicom saiu de casa pedalando em direção à fábrica em que trabalha. Quando descia pela Avenida Orlando Dompieri, não conseguiu mais frear o veículo e passou direto pela rotatória da Avenida Hélio Palermo. A vítima só parou após bater com a bicicleta nas grades do desmanche. “Foi uma cena terrível, fiquei chocado. Ele ficou preso e pensei que tivesse quebrado o pescoço. Quando cheguei ao local, percebi que ainda respirava e ajudei a socorrê-lo”, contou o frentista Abílio Justino da Silva, 32. Maicom teve um corte profundo na cabeça e outro no pescoço, perdendo muito sangue. “Ele sofreu uma pancada muito forte na cabeça e perdeu os sentidos. A ocorrência foi grave e o rapaz escapou por pouco da morte”, comentou o sargento Emerson, do Corpo de Bombeiros. O local do acidente possui trânsito intenso todos os dias e, por sorte, o sapateiro não teve a bicicleta atingida por algum veículo. Ele permanece internado no hospital.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito! Abra o QR Code.

Participe da Comunidade

Quer receber as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp? Faça parte da comunidade GCN/Sampi e fique sabendo de tudo em tempo real. É totalmente gratuito!

Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

Ainda não é assinante?

Clique aqui para fazer a assinatura e liberar os comentários no site.