OPINIÃO

Rir ou chorar?

Por Roberto “general” Macedo | 12/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min

Queridos amigos e leitores assíduos do JC, essa pergunta do titulo já me veio à cabeça inúmeras vezes quando tomo conhecimento pela mídia ou através de conversas sobre o assunto "política bauruense".

É tanta baboseira e choque de vaidades acontecendo nessa queda de braço entre poderes que chega a enjoar até mesmo o sal de frutas Eno (apenas exemplo e não propaganda do produto).

Como pudemos chegar a esse ponto? O que aconteceu com a maioria desses políticos (ambos os poderes) que elegemos em 2020? Quanta falsidade, mudanças de votos por conveniência, acusações idiotas, fake News, mudanças de partido não ideológicas, mentiras, troca de favores e egos subindo às alturas.

Dick Vigarista, provavelmente, seria chamado de Madre Tereza de Calcutá nessa briga, é poste "xixizando" no cachorro ou borracha d'água fingindo ser cobra em todos os 40 meses dessa gestão.

E essa agora? Pauta travada com acusações de ambos os lados, ninguém quer sair perdendo nessa história, "todos tem razão", parece conversa de indivíduo sendo preso, ninguém assume ser culpado, todos são "inocentes" ou foram acusados injustamente. Pauta travada e processos importantes sem votação.

Vou citar alguns poucos para terem uma ideia: esses referentes aos servidores públicos ativos e aposentados, um contingente de no mínimo 13.000 pessoas mais familiares, sem votação até o momento, piso dos professores, reajuste dos servidores e o minguado abono dos aposentados que se não entrar na pauta de votação na próxima segunda-feira será retirado do holerite, diminuindo ainda mais o pouco que recebem. Olhem que só citei alguns, existem outros tantos de interesse geral também travados por essa "briguinha" de 5ª Série. É fácil ficar trocando ofensas na Câmara e na Imprensa, mas cadê a empatia com os problemas da cidade e os funcionários?

Nenhuma, somente o voto interessa, como agora com o aumento de cadeiras legislativas, teremos 21 vagas, acho que já se imaginam reeleitos para a Câmara e.... pior, por não termos ainda candidatos pesados para concorrer ao Executivo, culpa dessa falta de união para o bem comum, aliado a esse choque de vaidades.

A reeleição parece cada vez mais perto na cabeça dos "poderosos". Então vem o pensamento naquelas cabecinhas de alfinete: "para que fazer o certo se o errado já nos garantirá mais 4 anos"? Meu Avô tinha razão quando dizia que a maioria dos políticos a troco de titica é caro".

Oremos todos, o caos atual e pouco perto do que nos espera, repito a pergunta, é para rir ou chorar?

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.