OPINIÃO

Entrelinhas

12/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min
da Redação

JC Imagens

Café número 100

O programa Café com Política, uma parceria do JC com a 96FM que vai ao ar toda sexta-feira às 7h30, chega à sua centésima edição hoje (12). E traz um formato diferente na celebração da data. Os convidados do dia são o secretário de Planejamento Renato Purini (MDB) e o presidente do PT de Bauru, Cláudio Lago. Diametralmente opostos no cenário político local, ambos vão discutir os rumos do município e as eleições de 2024.

Espaço democrático

O programa foi lançado em março de 2022 para aprofundar as análises políticas sobre Bauru e, especialmente naquele ano, sobre o Brasil - dadas as eleições gerais a presidente, governadores, senadores e deputados. Mas não demorou para se tornar referência no âmbito regional.

Personalidades

Desde que começou, afinal, o Café com Política já entrevistou ministro de Estado, governador, deputados e um senador. Fora, é claro, analistas, prefeitos e ex-prefeitos, vereadores e tudo o que envolve, direta ou indiretamente, a classe política.

E aí?

A Câmara ainda não deu direcionamento e trabalha em banho-maria a investigação sobre a declaração fraudulenta de um servidor da Casa de que havia um homem armado na sessão legislativa de cerca de três semanas atrás. O presidente do Legislativo, Júnior Rodrigues (PSD), quer aguardar uma apuração iniciada pela Comissão de Fiscalização e Controle antes de tomar providências. Resta saber se haverá providências.

Representação 1

A vereadora Estela Almagro (PT) encaminhou representação à presidência da Câmara para analisar se a prefeita Suéllen Rosim (PSD) incorreu em crime de responsabilidade cumulado ao descumprir dispositivos da Lei Orgânica e do Regimento Interno da Casa, especialmente depois do ofício encaminhado pela prefeita livrando seu assessor, Leonardo Marcari, de prestar esclarecimentos sobre a declaração de que a "desova" dos uniformes encontrados em terrenos baldios teria sido "armação pura".

Representação 2

Na denúncia, Estela afirma que não cabe à chefe do Poder Executivo tentar controlar a autonomia da Comissão de Fiscalização e Controle e ressalta há uma "postura reiterada da prefeita Suéllen em obstaculizar os trabalhos do parlamento, impondo embaraços ao exercício fiscalizatório dos edis".

Estradas

O vereador Edson Miguel (Republicanos) pediu à prefeita Suéllen Rosim (PSD) providências para melhorar a antiga estrada de terra Bauru-Agudos, duramente castigada pela força da natureza e com desníveis em razão das chuvas recentes.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.