SÃO LUIZ

Menina de 9 anos vai à delegacia denunciar motorista escolar por bullying no Vale

De acordo com a garota, o responsável pelo transporte dos alunos a chamou de 'gordinha'. Prefeitura de São Luiz do Paraitinga afastou o funcionário

Por Jesse Nascimento | 11/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São Luiz do Paraitinga

Reprodução

Delegacia de São Luiz do Paraitinga
Delegacia de São Luiz do Paraitinga

Uma menina de 9 anos foi à delegacia denunciar ter sido alvo de bullying por parte do motorista do transporte escolar em São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba. Um boletim de ocorrência foi registrado na tarde desta quinta-feira (11) e o condutor do veículo da prefeitura pode responder por injúria.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

Acompanhada por advogados, a mãe da criança relatou na delegacia que a filha foi constrangida pelo motorista dentro do coletivo escolar na tarde desta quarta, perto dos demais colegas. Segundo a mãe, um aluno teria passado mal dentro do ônibus, fazendo com que as outras crianças se levantassem e fossem para o corredor. Em dado momento, o motorista teria dito: "tira essa gordinha daí e traz ela pra frente", se referindo à criança de 9 anos.

A mãe contou ainda que notou a filha quieta depois do episódio, mas só soube dos fatos na manhã desta quinta, quando a garota decidiu contar-lhe o que havia acontecido. A aluna também disse que não queria ir para a escola.

Um relatório foi registrado pela escola e a direção informou ao chefe do transporte da Prefeitura sobre o ocorrido. Ele, por sua vez, informou que o motorista havia sido retirado do transporte de alunos e espera a devida apuração dos fatos.

Outro Lado

A Prefeitura de São Luiz do Paraitinga se manifestou por meio de nota, na qual diz que o motorista da empresa terceirizada foi afastado até a apuração dos fatos. "A Diretoria Municipal de Educação, tomou ciência dos fatos no mesmo dia e tomou as devidas providências. O motorista da empresa terceirizada foi afastado até que sejam apurados os fatos. A Diretora da Escola recebeu os responsáveis pela aluna e está dando todo o suporte necessário para que a mesma fique bem e consiga frequentar a escola normalmente".

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.