ELEIÇÕES 2024

'Não sou contra a privatização', diz João Rocha sobre Sabesp

'Defendo que Franca não pode abrir mão desse patrimônio, podendo até decidir ele próprio tocar esse serviço, ou abrir nova concorrência', disse o pré-candidato.

Por N. Fradique | 11/04/2024 | Tempo de leitura: 3 min
da Redação

Arquivo/GCN

João Rocha faz planos: 'colocar para nossa cidade um plano de governo que pense em nossa cidade com 600, 700 mil habitantes'
João Rocha faz planos: 'colocar para nossa cidade um plano de governo que pense em nossa cidade com 600, 700 mil habitantes'

Para os eleitores, as eleições de 2024 podem ainda estar longe, mas o processo político nunca para. Um dos pré-candidatos declarados ao cargo de prefeito de Franca, João Rocha, movimentou a política local com sua saída, dias atrás, do União Brasil, filiando-se ao PL.

Em entrevista nesta quinta-feira, 11, ao programa A Hora é Essa, da rádio Difusora, ancorado pelo jornalista Corrêa Neves Jr, reafirmou sua posição e destacou o apoio da deputada estadual Delegada Graciela.

Terceiro colocado nas eleições para prefeito em 2020, João Rocha acredita que pode alcançar seu objetivo neste ano. “Nós entramos, sim, para vencer. Não só vencer, mas colocar para nossa cidade um plano de governo que pense em nossa cidade com 600, 700 mil habitantes. Há muito tempo Franca não tem um projeto de governo futuro. Os projetos que nós temos visto há algum tempo são projetos que eu chamo de ‘projetos para apagar incêndios’ e que na maioria das vezes, são produzidos pela própria administração. Temos que cuidar dos problemas que nós tempos, olhando para o futuro”.

Perguntado sobre como analisa vários vereadores atuais trocando de partido na janela partidária, deixando as siglas para as quais foram eleitos e indo para legendas ligadas ao grupo de apoio a Alexandre Ferreira, Rocha provocou.

“Da mesma forma que essa particularidade do Carlinho Petrópolis, que eu respeito, nós temos particularidades também de outros candidatos a vereador que ficaram de lá na condição de forçados, e que disseram que também vão nos ajudar durante a campanha”, disse o pré-candidato sem citar nomes. Vale lembrar que Carlinho Petrópolis foi convidado para se filiar em partidos da coligação de Alexandre, mas decidiu ficar no PL, alegando que terá liberdade e independência para tomar suas decisões.

Rocha disse que a maior parte dos eleitores ainda não decidiu sobre candidatos a prefeito. “Nós temos nossos levantamentos que apontam que mais de 50% do eleitorado não decidiu sobre seu candidato a prefeito”.

Privatização da Sabesp
O assunto privatização da Sabesp também foi abordado. João Rocha disse que não é contra a decisão do governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), mas sim da forma que foi aceita pelo município. “Eu não sou contra a privatização. Toda rede de captação, bombeamento, tratamento, distribuição de água e esgoto, todo esse patrimônio pertence ao nosso município. Temos um contrato em vigor baseado numa lei que diz que uma vez privatizada, o patrimônio é do município. Eu defendo que Franca não pode abrir mão desse patrimônio, podendo até decidir ele próprio tocar esse serviço, ou abrir nova concorrência”.

Feliz no PL
Rocha disse que está muito feliz na nova legenda, ‘rasgando’ elogios ao trabalho da deputada. “Quem não quer o apoio e ajuda de um partido chamado PL? Quem não quer o apoio de uma deputada que está em seu segundo mandato, vem fazendo um trabalho maravilhoso para Franca e região? Acho que essa nossa junção, comunhão de ideias, nós devemos elaborar um grande plano de governo. Com a ajuda de todo pessoal do PL, do União e de outros partidos, que certamente estarão conosco nessa caminhada, vamos fazer uma disputa legal com uma campanha, se Deus quiser, abençoada”, disse.

Quem
As eleições municipais serão em 6 de outubro. Até agora, além de João Rocha (PL), a cidade conta com cinco pré-candidatos: Alexandre Ferreira (MDB), Tito Flávio (PCB), Guilherme Cortez (Psol), Rafael Bruxellas (PT) e Marcos Ferreira (PSB).

4 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Marco
    12/04/2024
    Se é contra a Sabesp, com certeza não terá meu voto e daqueles que posso influenciar.
  • José
    12/04/2024
    Não tem meu voto.
  • paulo jose
    12/04/2024
    ja nao tinha meu voto, agora vou ajudar a perder mais votos
  • Duilio
    11/04/2024
    Esse é velhaco, dá uma no cravo e outra na ferradura, é o time do governador privatizador pero no mucho, manja??....vai veno.....