Economia

Tebet vê limite nas receitas e diz que revisão de metas de 2024 e 2025 'está na mesa'

A ministra Simone Tebet disse que a manutenção das metas fiscais de 2024 e 2025 vão depender do cenário para as receitas e que a rediscussão desses alvos 'está na mesa'.

Por Idiana Tomazelli | 02/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Folhapress

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Simone Tebet, ministra do Planejamento e Orçamento
Simone Tebet, ministra do Planejamento e Orçamento

A ministra Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) disse nesta terça-feira (2) que a manutenção das metas fiscais de 2024 e 2025 vão depender do cenário para as receitas e que a rediscussão desses alvos "está na mesa".

Neste ano, o governo persegue o déficit zero. Para o ano que vem, o objetivo indicado na apresentação do novo arcabouço fiscal é de um superávit de 0,5% do PIB (Produto Interno Bruto).

"O que eu só posso adiantar, que é o que o ministro [Fernando] Haddad também já adiantou para vocês, [é] que está na mesa a discussão da meta 2024 e 2025. A rediscussão. Vamos bater os números", disse.

"Ele tem o lado da receita, nós temos o lado da despesa. Nós ainda [não] nos encontramos para colocar na mesa. A menos B tem que dar zero neste ano. A menos B [para 2025] tem que dar um superávit de 0,5% [do PIB]. Se ele não der um superávit de 0,5%, nós vamos com muita clareza levar isso para a JEO [Junta de Execução Orçamentária] e dizer: 'Olha, os números não batem, ou nós vamos rever meta, ou não vamos rever meta'", afirmou.

Tebet disse ainda que defende a manutenção do superávit de 0,5% para o ano que vem, mas reconheceu que, caso o cenário de arrecadação não seja favorável, o governo pode enfrentar dificuldades para repor essas receitas e manter o alvo da política fiscal.

"Já está se exaurindo o aumento do orçamento brasileiro pela ótica da receita. Passar disso significaria aumentar imposto", afirmou.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.