UNIVERSIDADE

Professor terá que ter especialização para ingressar na Unitau

Com a mudança aprovada pela Câmara, o ingresso na carreira de professor, que antes exigia apenas graduação, passará a demandar a titulação de especialista

Por Sessão Extra | 11/06/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Taubaté

Divulgação/CMT

Fachada da Reitoria da Unitau
Fachada da Reitoria da Unitau

Unitau
A Câmara de Taubaté aprovou em primeira votação nessa terça-feira (11) o projeto do prefeito José Saud (PP) que altera o Estatuto do Magistério da Unitau (Universidade de Taubaté).

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

Professor
Com a mudança, o ingresso na carreira de professor, que antes exigia apenas graduação, passará a demandar a titulação de especialista.

Impacto
Segundo o projeto, elaborado a pedido da Reitoria da Unitau, os docentes efetivos da universidade que não se enquadrem na nova regra terão respeitados os seus direitos adquiridos, mas não terão direito à promoção na carreira enquanto não possuírem o certificado de especialização e o mínimo de três anos de efetivo exercício no respectivo nível.

Justificativa
De acordo com a justificativa apresentada pela Reitoria da Unitau, o Conselho Estadual de Educação realiza advertências escritas e pune os cursos que apresentam docentes com apenas graduação, sendo uma condição que merece ser sanada.

Tramitação
O projeto ainda passará por segunda votação, provavelmente na próxima semana, antes de seguir para a sanção do prefeito.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.