FINAL FELIZ

Maria Cibele foi achada em Ubatuba graças a uma foto no Facebook

Com o pé machucado e cabelo raspado, Maria Cibele foi encontrada em Ubatuba, após uma pessoa reconhecer uma foto dela postada no Facebook. Ela ficou três meses desaparecida

Por Da redação | 26/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
Taubaté

Reprodução

Família criou uma campanha nas redes sociais e conseguiu encontrar a taubateana com vida
Família criou uma campanha nas redes sociais e conseguiu encontrar a taubateana com vida

Após três meses de incertezas e dor, um final feliz.

Maria Cibele foi encontrada em Ubatuba, após uma pessoa reconhecer uma foto da taubateana desaparecida postada no Facebook. O reencontro ocorreu há uma semana, aproximadamente, e foi tornado público neste domingo (26). Maria Cibele, de 32 anos, estava desaparecida desde o dia 22 de fevereiro, quando havia sido vista pela última vez na rua Pindamonhangaba, na Chácara do Visconde. A família mantinha uma campanha nas redes sociais, para localizá-la com vida.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

"[Foi graças à] Divulgação de uma foto no Facebook, até achei que era golpe, porque recebemos muitas tentativas de golpe, mas graças a Deus era verdade", disse Maria Aleikna Gomes Câmara, irmã de Maria Cibele. "Ela estava com machucado no pé e com a cabeça raspada, ela tinha o cabelo comprido, mas estava raspado. É um milagre mesmo", completou a irmã.

Maria Cibele está internada em uma clínica em Taubaté, de acordo com informações da família. Além da depressão, está em análise um diagnóstico de esquizofrenia. Maria Cibele foi para Portugal em 2017, sonhando com uma vida melhor, trabalhando com serviços domésticos, e depois retornou ao Brasil.

"Quando a vi, tremi. Eu abracei ela tão forte, minha alma voltou para o corpo, só de saber que ela está em uma cama quentinha... agora, chegando o frio, imaginar ela no frio, quando anoitecia, vinha uma coisa ruim, de pensar nela ao relento. Agora é só cuidar, tenho fé em Deus que ela vai ficar bem", disse a irmã.

No dia 4 de fevereiro, Cibele já havia desaparecido uma vez, sem deixar recado ou pistas de onde poderia ter ido. No dia 22 de fevereiro, ela reapareceu, causando susto aos seus familiares. Agora, com a internação, a família espera que tudo fique bem.

"Ela está internada, mas graças a Deus está sendo medicada, está estabilizada, e hoje mesmo eu conversei com ela. Tudo leva a crer que ela desenvolveu esquizofrenia, ainda não foi fechado o diagnóstico, que a psiquiatra disse que precisa avaliar por um tempo mais longo, mas a princípio é isso. Só tenho que agradecer a Deus, o apoio de vocês, a todo mundo que estendeu a mão nessa busca e graças a Deus deu certo e ela está recebendo os devidos cuidados", disse a irmã de Maria Cibele.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.