TRIPLO HOMICÍDIO

Professora e dois filhos são mortos a tiros no interior de SP

Josilene e os filhos foram mortos a tiros e morreram no local. O ex-companheiro da vítima, que é policial militar do Corpo de Bombeiros, é apontado como o suspeito

Por Da redação | 17/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
São José dos Campos

Reprodução

Josilene ao lado dos filhos Arthur e Gabriel
Josilene ao lado dos filhos Arthur e Gabriel

A professora Josilene Rosa, de 39 anos, e os filhos dela, Gabriel Miranda e Arthur, de 20 e 12 anos, foram mortos na noite de quinta-feira (16), dentro da própria casa, na cidade de Apiaí, no interior de São Paulo. O ex-companheiro da vítima, que é policial militar do Corpo de Bombeiros, é apontado como o suspeito.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

Josilene e os filhos foram atingidos por tiros e morreram no local. O policial militar fugiu do local e está foragido. Ele teria levado a arma usada para o triplo assassinato, de acordo com a polícia.

A ocorrência foi registrada como homicídio, feminicídio e peculato e está sendo investigada pela polícia.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.