VIOLÊNCIA SEXUAL

URGENTE: Polícia 'caça' homem que estuprou duas jovens no Vale

Criminoso violentou duas garotas de 19 anos em Caçapava em um intervalo de duas semanas. Ele tem 1,70 metro e é branco. Quem tiver informações pode auxiliar a polícia

Por Jesse Nascimento | 3 dias atrás | Tempo de leitura: 1 min
Caçapava

Reprodução

Os dois casos foram registrados em Caçapava
Os dois casos foram registrados em Caçapava

A Polícia Civil procura um estuprador que fez duas vítimas no Vale do Paraíba. O caso ganhou grande repercussão em Caçapava nas últimas horas e mobilizou as forças policiais em busca de homem branco, de aproximadamente 1,70m. O relato é de que ele também usava mochila e portava uma arma, com a qual ameaçava as vítimas.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

Os dois casos registrados aconteceram em um terreno baldio. O último foi registrado por volta de 17h55, de quarta-feira (14), no bairro Jardim Primavera. Na ocasião, a vítima, de 19 anos, estava com uma amiga e diante da grave ameaça com arma de fogo foi abusada sexualmente.

A jovem esteve na delegacia e prestou depoimento. Ela foi encaminhada para fazer exames de corpo delito no IML (Instituto Médico Legal) e também foi encaminhada para a realização de exames de praxe.

Ela ainda foi atendida no hospital da Fusam, onde recebeu os atendimentos de acordo com os protocolos de saúde a respeito das vítimas de violência sexual. O primeiro caso foi no dia 30 de abril, no Jardim Campo Grande, nas imediações da rodovia Edmir Viana de Moura, quando uma jovem, também de 19 anos, foi violentada.

Quem tiver alguma informação a respeito do suspeito pode ligar para o telefone 181, o disque-denúncia. Não é preciso se identificar.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.