BRUTALIDADE

Mãe leva tiro ao defender filho de 16 anos; adolescente morreu

Dois criminosos invadiram a casa da família e atiraram contra o adolescente. Na tentativa de defender o filho, mãe levou um tiro na barriga. Jovem morreu e mãe foi socorrida

Por Da redação | 16/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Contagem

Ilustrativa

Mãe levou tiro para proteger o filho
Mãe levou tiro para proteger o filho

Uma mulher de 54 anos foi baleada na barriga enquanto tentava defender seu filho de 16 anos durante uma invasão à sua casa na noite desta terça-feira (14),  em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. O adolescente não resistiu aos ferimentos e morreu no local, enquanto sua mãe foi encaminhada ao hospital em estado grave.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), uma testemunha relatou que dois criminosos bateram na porta da residência. Através de uma janela, eles avistaram o adolescente dentro da casa e decidiram invadir o imóvel.

Logo após entrarem, os criminosos começaram a disparar contra o jovem, que foi atingido por vários tiros e faleceu instantaneamente. Na tentativa de proteger o filho, a mãe acabou sendo baleada na barriga. Após o crime, os homens fugiram e estão sendo procurados pela polícia.

O corpo do adolescente foi levado ao IML (Instituto Médico Legal) para exames. A mãe permanece internada, mas seu estado de saúde atual não foi divulgado. A Polícia Civil iniciou as investigações para determinar as motivações do crime e localizar os responsáveis.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.