ELEIÇÕES

Federação PSOL/Rede apoiará Balieiro à Prefeitura de São José

Marina Sassi, que era pré-candidata a prefeita pelo PSOL, deve ser indicada como vice na chapa que será encabeçada pelo ex-vereador petista

Por Julio Codazzi | 15/05/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São José dos Campos

Montagem feita com fotos de divulgação

Chapa deve ser formada por Wagner Balieiro, do PT, e Marina Sassi, do PSOL
Chapa deve ser formada por Wagner Balieiro, do PT, e Marina Sassi, do PSOL

A federação formada pelos partidos PSOL e Rede irá apoiar o nome do ex-vereador Wagner Balieiro (PT) à Prefeitura de São José dos Campos. O anúncio deve ser feito no próximo sábado (18), quando será lançada oficialmente a pré-candidatura do petista ao Paço.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

Pelo acordo firmado entre as legendas, a federação poderá indicar a pré-candidata a vice na chapa. Segundo apuração da reportagem, o nome mais provável é o da sindicalista Marina Sassi (PSOL), que até então era pré-candidata à Prefeitura.

Os diretórios municipais do PT e da Rede já aprovaram a coligação. Já a votação interna do PSOL irá ocorrer nessa quinta-feira (15). "Já havíamos aprovado a busca por outros partidos de esquerda para negociar coligação. Vamos apenas referendar [a coligação com o PT]", disse Marina Sassi, que é a presidente municipal do PSOL.

"Desde o ano passado, nós, como Rede, já havíamos nos dado conta que se os partidos de esquerda e os progressistas não se unissem, nós não teríamos nenhuma chance em São José dos Campos, uma cidade extremamente conservadora e com tantos nomes fortes da direita", disse a presidente municipal da Rede, Maria Virgínia Alves. "O nome mais forte hoje, da esquerda, é o Wagner Balieiro. E chegamos à conclusão de que essa era, com certeza, a melhor alternativa que a gente tem hoje no cenário político que São José apresenta", concluiu Virgínia.

"É mais um passo rumo à vitória. As duas federações juntas reunem cinco partidos: PT, PCdoB, PV, PSOL e Rede", celebrou o ex-prefeito Carlinhos Almeida, presidente municipal do PT.

CENÁRIO.
Com a saída de Marina Sassi da lista, caiu para sete o número de pré-candidatos à Prefeitura de São José dos Campos.

A lista é formada pelo prefeito Anderson Farias (PSD), que buscará a reeleição; pelo deputado estadual Dr. Elton (União); pelo ex-prefeito Eduardo Cury (PL); pela deputada estadual Leticia Aguiar (PP); pelo advogado Toninho Ferreira (PSTU); pelo ex-vereador Wagner Balieiro (PT); e pelo professor Wilson Cabral (PDT).

Desses nomes, Leticia Aguiar deve ter dificuldade de levar a pré-candidatura adiante, já que seu partido, o PP, é da base de apoio a Anderson e defende a reeleição do atual prefeito. As convenções podem ser realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto. O prazo para registro das candidaturas termina em 15 de agosto.

HISTÓRICO.
Apenas dois partidos venceram as oito últimas eleições municipais em São José dos Campos.

O PT venceu com Angela Guadagnin em 1992 e com Carlinhos Almeida em 2012. Já o PSDB foi vitorioso com Emanuel Fernandes em 1996 e 2000, com Eduardo Cury em 2004 e 2008, e com Felicio Ramuth, em 2016 e 2020.

Apesar dessa hegemonia, hoje é o PSD que governa a cidade. Em 2022, a sigla recebeu Felicio e o então vice, Anderson Farias. Felicio deixou o cargo em abril daquele ano e foi eleito vice-governador. Anderson é o prefeito desde então.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.