TRÁFICO POR APP

Mulher é detida na Dutra com 2kg de 'Crack' rumo ao Rio

Suspeita de 34 anos é presa pela PRF em Jacareí durante viagem por aplicativo

Por Marcelo Rocha | 15/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Jacareí

Foto: Divulgação/PRF

A mulher informou que havia recebido a droga em Foz do Iguaçu (PR), e que a levaria até o Rio de Janeiro
A mulher informou que havia recebido a droga em Foz do Iguaçu (PR), e que a levaria até o Rio de Janeiro

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu uma mulher de 34 anos por tráfico de drogas, na noite desta terça-feira (14), na Rodovia Presidente Dutra, em Jacareí (SP). 

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp

De acordo com a PRF, a suspeita estava em um veículo Chevrolet Onix prata, juntamente com outros três passageiros, todos compartilhando uma viagem por aplicativo com destino ao Rio de Janeiro. Por volta das 19h, durante a abordagem, os agentes do Grupo de Patrulhamento Tático da 2ª Delegacia de São José dos Campos notaram o nervosismo da mulher, que não conseguiu justificar o propósito de sua viagem.

Ao revistar a bolsa da suspeita, os policiais encontraram oito porções de Crack. Pressionada, a mulher confessou que escondia outras nove porções da droga em suas vestimentas. O entorpecente estava embalado com filme plástico e café em pó, numa tentativa de enganar uma possível inspeção com cães farejadores.

A mulher informou aos policiais que havia recebido a droga em Foz do Iguaçu, Paraná, e que a levaria até o Rio de Janeiro, recebendo R$ 2 mil pelo transporte. A ocorrência foi encaminhada para o plantão policial de Jacareí, onde a suspeita permanece detida. A droga apreendida pesou aproximadamente 2 kg.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.