EX-PASTORA

‘Fiz conteúdo adulto por dinheiro’, diz Ana Akiva, ex-pastora de São José

Ex-pastora de São José largou a igreja e passou a publicar vídeos eróticos na internet

Por Xandu Alves | 02/04/2024 | Tempo de leitura: 2 min
São José dos Campos

Divulgação

Ana Akiva tem 166 mil seguidores no Instagram
Ana Akiva tem 166 mil seguidores no Instagram

A ex-pastora Ana Akiva, que deixou a igreja evangélica em São José dos Campos para criar conteúdo adulto, disse a OVALE que não tinha intenção de criar vídeos eróticos para a internet, mas que o fez a partir dos pedidos que recebeu pelas redes sociais.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

Ela destacou ainda que encara os vídeos como um trabalho, e admite que começou a fazê-los por dinheiro. Afirmou ainda que não descarta gravar vídeos pornográficos.


“As pessoas começaram a me procurar e a me mandar mensagens pedindo e perguntando se eu não pensava em fazer algo de conteúdo adulto, alguma coisa nesse sentido depois que eu me divorciei”, contou ela durante live de OVALE.

“Depois que me separei, um dia eu estava respondendo uma caixinha de perguntas no Instagram e falei ‘ai, tá bom, eu acho que eu vou criar algo assim’. Eu fiz essa brincadeira que eu ia criar essa plataforma de conteúdo adulto e aí choveram pessoas querendo ver o conteúdo.”

OPORTUNIDADE.

O interesse dos internautas fez Ana Akiva enxergar uma oportunidade de trabalho, gerando dinheiro, ainda mais depois da separação do ex-marido, também líder religioso, em meio a acusações de relacionamento tóxico.

“Pensei comigo que aquilo poderia dar um retorno, uma grana. Eu abri a conta [na plataforma de conteúdo adulto] sem nenhum conteúdo ainda e uma lista de pessoas assinaram e ficaram ali na expectativa para que eu fosse postar alguma coisa”, disse a modelo. “Acho que eu demorei uns 10 dias para postar qualquer coisa depois que eu criei”.

Desde então, ela se tornou a musa do OnlyFans e do Privacy, plataforma que conta com 98 postagens e 38 vídeos, e quase 6.000 likes. E seu perfil do Instagram, ela atingiu 166 mil seguidores.

VÍDEOS.

Ana Akiva explicou que grava e produz seus próprios conteúdos eróticos, mas que a demanda a fizeram contratar uma equipe para assessorá-la. Ela também recebe convites para outras produções.

“Eu mesma faço as minhas produções, mas a demanda tem crescido bastante e eu não estou dando conta de fazer tudo sozinha, até porque tenho sido convidada para fazer parcerias e gravações com algumas pessoas e não vou conseguir fazer isso sozinha”, disse.

“Contratei uma equipe para me auxiliar. Porém, a gravação do conteúdo dos vídeos que eu subo para as minhas plataformas sou eu mesmo que faço”, afirmou.

CONTEÚDO PORNOGRÁFICO.

“Esse é o meu trabalho, eu sou criadora de conteúdo erótico. Eu não faço conteúdo pornográfico, eu não tenho nas minhas plataformas vídeos transando com outros homens, não tem isso.”

Ana Akiva, contudo, não descartou que um dia possa vir a gravar cenas pornográficas com homens.

“Eu faço conteúdo erótico, mas se um dia fizer conteúdo pornográfico, também não tenho nada contra, eu faço. Qual o problema? Quem quiser comprar que compre. Não é da conta de ninguém a minha vida, são as minhas escolhas.”

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.