FISCALIZAÇÃO

Duas adegas e um bar são interditados em São José e donos recebem multa de R$ 5 mil

Operação foi realizada na zona sul e norte da cidade; durante a ação mesas e cadeiras também foram apreendidas

Por Da redação | 19/02/2024 | Tempo de leitura: 1 min
São José dos Campos

Divulgação

Fiscalização aconteceu na noite de domingo (18)
Fiscalização aconteceu na noite de domingo (18)

Duas adegas e um bar foram interditados na noite de domingo (18) durante uma ação dos agentes de Fiscalização de Postura em São José dos Campos. Os proprietários de cada um dos estabelecimentos também receberam uma multa de R$ 5 mil.

Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região! Acesse: https://whatsapp.com/channel/0029VaDQJAL4tRs1UpjkOI1l

A primeira interdição aconteceu no bairro Altos da Vila Paiva, região norte da cidade. A outra foi no Residencial União, região sul. Os dois estabelecimentos foram autuados e multados por perturbação do sossego e irregularidades nas licenças de funcionamento.

Também na região sul, um bar foi autuado e teve mesas e cadeiras apreendidos por, além de perturbação do sossego, funcionar além do horário estipulado e descumprir as notificações anteriores.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

4 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Patrícia
    20/02/2024
    Para eles é mais lucrativo pagar multa a deixar de funcionar nos horários proibidos. Uma pena para quem mora próximo.
  • Luiz
    20/02/2024
    Parabéns infelizmente estes tipos de gentes comércio só através de multas para educar tem que mexer nos bolsos
  • Roberto L R Moura
    19/02/2024
    Ricardo Abrhão: Lamentável é realmente a cultura brasileira da má educação e falta de respeito ao próximo. Essas adegas promovem o mais baixo nível do comportamento humano, atraem fluxo de baderneiros, música alta, motos estourando escapamento, pessoas falando alto pela madrugada a fora e proprietário sínico sempre alega que não tem culpa do que acontece da porta pra fora, mas o lucro que o fluxo gera ele não dispensa. Acha mesmo necessário Advertência para o cidadão ser avisado do seu comportamento animal, um ser com mais de 18 anos que não foi educado pela família não é dever da prefeitura educar.
  • Ricardo Abrhão
    19/02/2024
    É lamentável q a cultura do brasileiro é punitiva ao invés de ser Educativa. Esses fiscais poderia. Deixar auto de ADVERTÊNCIA com prazo pra correção das irregularidades. Mas não!!! O poder sobe na cabeça e abusam dos pobres mortais. Isto vale para os policiais q chegam batendo e com agressividade. Já fui vítima disto em 2 ocasiões. Fazer o q. Eles são da LEI. e imagina o q os negros sofrem!!!