VIOLÊNCIA NO VALE

‘Se fosse branca, eu te estupraria’, diz homem à enteada de 12 anos no Vale

De acordo com a polícia, ele disse que ‘se ela (a menina) fosse branca, a estupraria’; homem de 40 anos foi preso em flagrante

Por Jesse Nascimento | 11/02/2024 | Tempo de leitura: 2 min
Taubaté

Divulgação

Caso aconteceu durante a madrugada de sábado (10) no bairro Imaculada Conceição
Caso aconteceu durante a madrugada de sábado (10) no bairro Imaculada Conceição

Um aposentado de 40 anos foi preso em flagrante por violência doméstica e importunação sexual na noite de sábado (10) em Taubaté, após agredir a companheira e ameaçar a enteada de 12 anos de estupro. Ele chegou a dizer que se a criança fosse branca, ele a estupraria.

Faça parte do canal de OVALE no WhatsApp e receba as principais notícias da região! Acesse: https://whatsapp.com/channel/0029VaDQJAL4tRs1UpjkOI1l

Os policiais foram acionados via Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) para atender a ocorrência de violência doméstica e ao chegar na casa que fica no bairro Imaculada Conceição, foram recebidos pelo indiciado, o qual, de acordo com relatos dos agentes, demonstrava estar muito exaltado, bem como teria dito que "tirassem ela (a companheira) dali, senão a mataria".

Os agentes então entraram na residência para falar com a vítima e viram uma televisão quebrada próximo à porta. A mulher relatou a eles que o companheiro chegou em casa alterado, a injuriou, bem como disse à filha dela, segundo boletim de ocorrência, que "se ela (a menina) fosse branca, a estupraria".

Ainda, de acordo com relato da vítima, os dois estavam discutindo até que o indiciado a agrediu com golpes pelo corpo todo e então ela conseguiu pedir ajuda para a sogra, moradora da residência da frente, fez a ligação para o telefone 190.

A mãe do indiciado não compareceu à delegacia e permaneceu na casa para cuidar dos filhos da nora. Os policiais afirmam também que enquanto falavam com a vítima, a filha dela se mostrava bem assustada, e confirmou a ameaça de ser estuprada.

O homem preso em flagrante e levado para delegacia. A vítima foi encaminhada, primeiramente ao pronto socorro central, e posteriormente ao IML (Instituto Médico Legal). O indiciado também foi encaminhado a exame médico pericial, e não tendo apresentado o valor de um salário mínimo e meio de fiança (R$ 2.118), ele foi transferido ao centro de triagem, onde aguardará pela audiência de custódia.

Receba as notícias mais relevantes de Vale Do Paraíba e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.