5ª DIVISÃO

Paulista goleia em noite de festa e assume a liderança do grupo

No dia do aniversário de 115 anos do clube, o Paulista presenteou os 1.993 torcedores presentes no Jayme Cintra com um 'chocolate'

Por Luana Nascimbene | 17/05/2024 | Tempo de leitura: 3 min

João Paulo Bertoldo/Paulista FC

O próximo jogo do Paulista acontece no sábado (25), também no Jayme Cintra, contra o São Carlos
O próximo jogo do Paulista acontece no sábado (25), também no Jayme Cintra, contra o São Carlos

No dia do aniversário de 115 anos do clube, o Paulista presenteou os 1.993 torcedores presentes no Jayme Cintra com uma goleada por 6 a 0, contra o Barcelona Capela, na noite de ontem. O resultado coloca o Galo na liderança do Grupo 2, com 8 pontos, ultrapassando o São Carlos - também com 8 pontos -, no saldo de gols.

Já o Barcelona segue sem vencer na competição - e sem somar pontos na tabela de classificação. Atrás do Galo, também estão: Colorado Caieiras, com 5 pontos e Flamengo de Guarulhos, com 3. Hoje (18), às 15h, Colorado e Flamengo se enfrentam pelo outro jogo da rodada 5. O time de Caieiras só conseguiria "roubar" a liderança do Galo em caso de uma vitória improvável por seis gols ou mais de diferença.

Nesta primeira fase, quatro dos cinco times do grupo se classificam para a próxima etapa.

PRÓXIMO JOGO

O próximo jogo do Paulista acontece no sábado (25), às 15h, também no Jayme Cintra, contra o São Carlos, pela primeira partida do returno.

A PARTIDA

O Paulista dominou o Barcelona desde o primeiro minuto de jogo. Sufocando o time da capital paulista desde o início, o Galo chegou ao primeiro gol aos 5 minutos de bola rolando. Após cobrança de escanteio de Thomas Lamin, a bola foi mal afastada pela defesa do Barcelona e sobrou nos pés do camisa 9, Vinícius Caveira. De primeira, o centroavante chutou forte, sem chances para o goleiro Otávio. Na comemoração, Caveira subiu no alambrado para celebrar com a torcida e recebeu cartão amarelo.

Poucos minutos após o primeiro gol, o Paulista continuou sufocando o Barcelona no campo de ataque. Aos 9 minutos, Jhonatan recebeu um ótimo passe em profundidade do lateral João Antônio, entrou na área com velocidade, cortou o defensor e chutou cruzado para balançar as redes do Jayme Cintra mais uma vez. 2 a 0 para o Galo da Japi!

Confortável e com muita vontade em campo, o Paulista parecia estar jogando sozinho. Enquanto o time jundiaiense dominava a posse de bola e trocava passes com facilidade até chegar ao ataque, o Barcelona cometia um erro atrás do outro. E foi assim que o terceiro gol da partida saiu, aos 17 minutos da primeira etapa: em uma falha no meio-campo do Barcelona, a bola sobrou nos pés de Vinícius Caveira, ele enfiou para Thomas Lamin e recebeu de volta do camisa 10. Cara a cara com o goleiro, o centroavante deu um toque sutil para tirar do goleiro; 3 a 0!

A primeira defesa do goleiro do Paulista, Lucas Gomes, só aconteceu aos 31 minutos do primeiro tempo, após chute forte de fora da área. Apesar de parecer que o Barcelona acordaria após esse lance, quem continuou dominando o jogo até o fim foi o Galo. E não faltaram chances para ampliar o placar no primeiro tempo.

SEGUNDA ETAPA

De volta após o intervalo, o técnico Fausto Dias promoveu mudanças, poupando os jogadores já pensando na próxima partida. Saíram Wendel, Thomas Lamim e Leo Souza para as entradas de Adelan, Filipinho e Victor Hugo.

O Paulista iniciou o segundo tempo no mesmo pique do primeiro, sufocando o Barcelona e tendo as melhores chances no ataque. Porém, aos 7 minutos, o time de fora obrigou uma grande defesa do goleiro Lucas Gomes.

Já aos 15, Victor Hugo ganhou do marcador no corpo e acelerou até a linha de fundo, onde foi derrubado. O juíz assinalou pênalti e, na cobrança, o estreante Christopher, que tinha acabado de entrar, chutou no cantinho do goleiro para aumentar a vantagem do Galo.

Aos 30 minutos, o quinto gol do Galo: em mais uma ótima jogada, o camisa 7, Victor Hugo, recebeu um bom passe dentro da área, dominou e chutou de chapa no fundo das redes.

Aos 40 minutos da etapa final, o Galo fechou o caixão e decretou o "chocolate". Filipinho fez um cruzamento certeiro para Christopher marcar de cabeça o 6º gol em uma noite mágica do Galo.

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.