CRIME

Advogado é morto com 30 tiros perto de fórum em BH

O suspeito fugiu num carro com placa clonada depois que efetuou os disparos, sem roubar nada do advogado. O veículo foi encontrado carbonizado nesta quarta-feira.

30/05/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Reprodução/Nação Jurídica/Facebook

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime, e a OAB-MG criou uma comissão para acompanhar de perto as investigações.
A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime, e a OAB-MG criou uma comissão para acompanhar de perto as investigações.

O advogado criminalista Pedro Cassimiro Queiroz Mendonça, de 40 anos, foi assassinado com 30 tiros na segunda-feira (27), perto do Fórum de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

Leia também: O que se sabe sobre o assassinato de advogado no Rio

A Polícia Militar informou à Folha de SP que o suspeito fugiu num carro com placa clonada depois que efetuou os disparos, sem roubar nada do advogado. O veículo foi encontrado carbonizado nesta quarta-feira de manhã (29).

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) mineira Sérgio Leonardo, informou que duas hipóteses, nenhuma delas confirmadas, são consideradas: um cliente insatisfeito com uma decisão judicial pode ter decidido punir o advogado, ou foi uma retaliação devido a denúncias feitas por Cassimiro contra o sistema prisional.

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o crime, e a OAB-MG criou uma comissão para acompanhar de perto as investigações.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.