POR UM TRIZ

Após 10 anos preso, saiu da cadeia decidido a matar família inteira no Vale; PM impediu

B.H.L.P. deixou o presídio decidido a se vingar, jurando de morte uma família inteira. Ele jogou gasolina no comércio e no corpo de uma das vítimas e foi preso quando ia botar fogo

Por Da redação | 13/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
Potim

Reprodução/ Olho Vivo do Vale

Homem confessou, com frieza, que queria matar toda a família
Homem confessou, com frieza, que queria matar toda a família

Roteiro de cinema, de thriller policial.

Após 10 anos atrás das grades, o criminoso deixa a cadeia e sai em busca de vingança contra quem, segundo ele, foi responsável por sua prisão. Parece filme, mas aconteceu de verdade e bem aqui no Vale do Paraíba.

Clique aqui para fazer parte da comunidade de OVALE no WhatsApp e receber notícias em primeira mão. E clique aqui para participar também do canal de OVALE no WhatsApp. 

B.H.L.P. deixou o presídio decidido a se vingar, jurando de morte uma família inteira. O caso aconteceu em Potim, na última sexta-feira, às 8h30. A Polícia Militar foi comunicada que o criminoso estava em frente ao comércio de uma idosa de 65 anos, com um galão de gasolina nas mãos. Ele já havia despejado o combustível e estava com um isqueiro na mão, prestes a colocar fogo no estabelecimento.

Quando viu a chegada da polícia, B.H.L.P. tentou fugir e foi perseguido, sendo alcançado e preso. Com ele foram encontrados o isqueiro e ainda uma faca grande. De acordo com a polícia, foi constatado que um outro integrante da família já estava com o corpo encharcado de gasolina. Com frieza, B.H.L.P. admitiu que tinha a intenção de se vingar.

"O próprio indiciado, de forma "fria", confessou que foi até o local para matar a família, pois há anos eles o teriam denunciado por tráfico de drogas, o que ocasionou sua prisão no passado, e ter ficando quase 10 preso", diz a nota da PM. O caso foi apresentado na delegacia de Potim, como tentativa de homicídio. B.H.L.P. foi preso em flagrante.

*Com informações da página Olho Vivo do Vale

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

3 COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.

  • Robson Novaes
    17/04/2024
    Huahuahua! Esse Sidney Krauss Júnior e de ser comediante! Huahuahua!
  • Jorge Reis
    15/04/2024
    Saindinha do amor que venceu ?
  • Sidney Krauss Júnior
    14/04/2024
    Dificilmente um indivíduo irá se recuperar a ponto de ser reintegrado na sociedade se ele é levado para se recuperar em um lugar superlotado, sem ao menos uma cama para descansar e pensar na vida; pensar em Deus, pensar na família. Nessas condições há a probabilidade de que o mesmo deixe a prisão com uma mente pior do quê quando entrou. Além de quê, há um ponto muito importante sobre a nutrição do indivíduo e as bactérias que compõem sua flora intestinal, responsáveis por produzirem um neurotransmissor chamado serotonina. O desbalanceamento da serotonina leva a pessoa a diversos tipos de problemas mentais. A vitamina D3 e o Magnésio também são de extrema importância para a saúde mental. O magnésio ainda participa de mais de 300 reações biológicas e participa no processo de sintetização da Serotonina. Se os presos fossem tratados com probióticos, vitamina D3, Magnésio e tivessem uma cama para pensar, as chances dele se recuperar de verdade seriam muito maiores e a sociedade agradeceria.