ESTELIONATO

Mulher cai em golpe ao receber flores na Vila Santos Dumont em Franca

Entregador alegou falta de sinal durante o pagamento da taxa de entrega; golpista fez três saques no valor total de R$ 999,97.

Por Tiago Vieira | 03/04/2024 | Tempo de leitura: 1 min
da Redação

Arquivo/GCN

Vítima registrou boletim de ocorrência na CPJ (Central de Polícia Judiciária) e diz que vai processar criminalmente o autor do crime
Vítima registrou boletim de ocorrência na CPJ (Central de Polícia Judiciária) e diz que vai processar criminalmente o autor do crime

Uma costureira de 60 anos foi vítima de um golpe de estelionato, na tarde dessa terça-feira, 2, na Vila Santos Dumont, em Franca.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima foi informada via WhatsApp que havia uma entrega de flores em seu nome e que o entregador estava na porta de sua casa. Por ser aniversariante na data desta quarta-feira, 3, pensou se tratar de um presente, e então pediu para o entregador levar o buquê no seu local de trabalho.

Ao ser entregue, o motociclista disse à mulher que uma taxa de R$ 4,99 referente à entrega deveria ser paga. Quando efetuava o pagamento, após digitar a senha do cartão, o entregador se afastou da vítima alegando falta de sinal.

Desconfiada, a vítima olhou o extrato de seu cartão e identificou que foram realizados três saques nos valores de R$ 499,99, R$ 299,99 e R$ 199,99, somando um prejuízo de R$ 999,97. A mulher mandou uma mensagem via WhatsApp para a loja, situada no Franca Shopping, mas não obteve resposta.

A vítima registrou o boletim de ocorrência na CPJ (Central de Polícia Judiciária), e após os esclarecimentos dos fatos, a mulher deseja que o autor do crime seja processado criminalmente. O entregador até o momento não foi encontrado.

Fale com o GCN/Sampi! Tem alguma sugestão de pauta ou quer apontar uma correção?
Clique aqui e fale com nossos repórteres.

Receba as notícias mais relevantes de Franca e região direto no seu WhatsApp
Participe da Comunidade

COMENTÁRIOS

A responsabilidade pelos comentários é exclusiva dos respectivos autores. Por isso, os leitores e usuários desse canal encontram-se sujeitos às condições de uso do portal de internet do Portal SAMPI e se comprometem a respeitar o código de Conduta On-line do SAMPI.